cresol mobile

17.02.2022 às 13:44h - atualizado em 17.02.2022 às 13:46h - Saúde

CRIANÇA EM CASA: principais medidas de segurança para evitar acidentes domésticos

Cristian Lösch

Por: Cristian Lösch São Miguel do Oeste - SC

CRIANÇA EM CASA: principais medidas de segurança para evitar acidentes domésticos
ASCOM

Continua depois da publicidade

Os acidentes não intencionais na infância, ou chamados acidentes externos, são responsáveis por mais de 20.000 mortes por ano no Brasil, sendo a principal causa de morte entre crianças de 1 a 14 anos. Além disso, se acredita que aja um número dez vezes maior de traumas não fatais, mas com possibilidade de gerarem danos físicos ou psíquicos. Estes acidentes poderiam, na maioria das vezes, serem evitados com medidas simples de prevenção e proteção.

No Brasil, como dito anteriormente, descontando o primeiro ano de vida, as injúrias e agravos não intencionais, como os acidentes de trânsito, afogamentos, queimaduras, quedas, asfixias e intoxicações causam mais mortes de crianças e adolescentes do que as principais doenças somadas. Anualmente, uma em cada dez crianças brasileiras saudáveis necessita de atendimento no sistema de saúde em virtude de traumas físicos, que levam à ocupação de 10 a 30% dos leitos hospitalares e geram cerca de três casos de deficiência permanente para cada mil habitantes.

Cerca de 2/3 dos acidentes ocorrem no próprio domicílio. Isso se deve principalmente pelo maior período que as crianças pequenas permanecem em casa. Os ambientes que possuem maior ocorrência são o quintal, o quarto e a cozinha. O fato de conhecer o ambiente, pode ser um meio facilitador para ações preventivas e educativas. Dessa forma, os responsáveis pelas crianças devem saber dos riscos de cada local da casa, tomando medidas para evitá-los e preveni-los.

A seguir, destacamos os principais acidentes que acometem as crianças e algumas medidas de prevenção:

-Queimadura: deixar as panelas em bocas de trás do fogão com cabos para dentro; posicionar comidas e líquidos quentes no centro da mesa; não colocar toalhas na mesa; verificar temperatura de água do banho em crianças menores; álcool e produtos inflamáveis, além de isqueiros e fósforos devem ser guardados em local que criança não tenha acesso; jamais deixar a criança acender churrasqueira ou fogueira; não fazer fogo com álcool líquido.

-Queda: não deixar as crianças sozinhas, mesmo que por curto período de tempo, sobre trocador, cama, sofá e escadas; colocar grades de proteção ou redes em janelas e escadas; deixar móveis, como cadeiras, longe de janelas; andador não deve ser utilizado em nenhuma idade; uso de capacetes, joelheiras e cotoveleiras ao andar de skate, bicicleta e patinete.

-Afogamento: não deixar baldes, bacias ou banheiras com água; cercar piscina com grades e colocar cobertura na piscina; sempre que criança entrar na água, seja em piscina, mar ou rio deverá haver adulto supervisor; entrar na água somente com colete salva-vidas; matricular criança em curso de natação.

-Asfixia: não deixar panos soltos e brinquedos em berço; evitar cobrir crianças pequenas com cobertores; não utilizar colares; pipoca e grão duros não devem ser oferecidos para crianças menores de 1 anos; não deixar bebê mamar sozinho; utilizar brinquedos conforme faixa etária.

-Intoxicação: deixar produtos de limpeza e medicamentos em locais inacessíveis e trancados com chave.

-Acidente automobilístico/atropelamento: uso de cinto de segurança e cadeirinha apropriados para idade em automóvel; ensine seu filho a atravessar nas faixas de segurança e de preferência em semáforos.

Sempre é bom reforçar, uma criança jamais deve ser responsável por cuidar de outra criança. Lembre-se que a criança possui a tendência a imitar as atitudes e comportamentos dos adultos. Os pais são os maiores exemplos para os filhos. Portanto, sirva de modelo positivo e demonstrar atitudes preventivas. Fazer a coisa certa, fará seu filho fazer o que é correto.

Quando o acidente ocorrer devemos ter alguns cuidados com os ferimentos. A aplicação de açúcar, café, sal ou pomadas no local atingido não é indicada. Recomenda-se limpar a região com água ou soro fisiológico e sabão. Em caso de queimadura, lavar prontamente a área afetada em água corrente fria. Se houver sangramento, realizar compressão e, não ocorrendo melhora, procurar atendimento especializado.

Tenha em local de fácil acesso números de emergência (colocar em agenda de celular): bombeiros (193) e SAMU (192). Ensine as crianças como proceder em caso de necessidade de ajuda.

Hospital Regional Terezinha Gaio Basso de São Miguel do Oeste

Alan Luis Rhoden – Médico pediatra - CRM 27.330/SC - RQE 17651/SCDiretora técnica - Katia Bugs – médica - CRM 10375 – Nefrologista - RQE 5333

Matérias relacionadas:

> Afogamento é a segunda causa de morte entre crianças de 1 a 9 anos

> Doe sangue e salve vidas

> A dependência de duas drogas lícitas: álcool e cigarro

> Hospital Regional discute a Importância da Prevenção

> Reeducação alimentar controla a pressão arterial e evita o uso de medicamentos

> Diagnóstico precoce do câncer de mama permite alto índice de cura

> Doença Cardiovascular: Vida saudável ajuda a prevenir infartos

> Atividade física e alimentação adequada auxiliam a prevenir a obesidade

> Mudanças de hábitos diminuem a probabilidade e consequências do câncer de próstata

> Acompanhamento médico regular e vida saudável visam controlar o diabetes

> A importância da prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis

> Uso racional de medicamentos: os riscos da automedicação

> Viva Bem - Sucesso no aleitamento materno exclusivo

> Um novo olhar sobre a prevenção

> Programa Viva Bem do Hospital Regional: Cuide da sua coluna

> Aspectos ortopédicos e traumatológicos

> Depressão e outras doenças psicológicas: o sofrimento em ascensão

> Calor pode aumentar número de acidentes com lagartas venenosas

> Benefícios de uma alimentação saudável

> Programa de Saúde Preventiva: Viva Bem

> A Mulher e a Doença Renal - Incluir, Valorizar, Capacitar

> Comprometimento e atenção podem evitar acidentes de trabalho

> A importância do pré-natal para a mãe e o bebê

> Movimento Abril Verde alerta sobre riscos de acidentes de trabalho

> A importância da Higienização das mãos

> Prevenção de quedas na terceira idade

> VIVA BEM: Doenças relacionadas ao trabalho

> Educação Postural: Conheça seus benefícios

> Dicas para prevenir as doenças de inverno

> Inserindo hábitos conscientes e de preservação do meio ambiente em nossa rotina

> 28 de julho - Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais

> Hipertensão: a importância de conhecer, prevenir e controlar

> VÍDEO: VIVA BEM ? Agosto Dourado

> SETEMBRO AMARELO: a dor silenciosa

> VIVA BEM: Prevenção de Quedas de Idosos

> VIVA BEM: Saiba como ser um Doador de Órgãos e Tecidos

> Vacinação: Uma das melhores formas de Prevenir Doenças

> VÍDEO: Outubro Rosa, Previna-se

> Alcoolismo e Tabagismo: dependências que geram problemas de saúde

> Disfagia: entenda a dificuldade de engolir alimentos

> VÍDEO: VIVA BEM; Dezembro Vermelho

> VIVA BEM: cuidando da sua saúde

> JANEIRO BRANCO: Quem cuida da mente, cuida da vida

> VÍDEO: Não faça do seu veículo uma arma!

> VIVA BEM: Câncer tem prevenção!

> Dependência química: Tudo o que você precisa saber

> VIVA BEM: Cuidados na gestação

> VIVA-BEM: Saúde dos Rins para todos

> VIVA-BEM: Saúde da boca: tenha um sorriso bonito e saudável

> VIVA BEM: Os benefícios da atividade física para idosos

> Saiba como higienizar a boca de bebês e crianças de até 5 anos

> VÍDEO: Pratique ginástica laboral/alongamentos

> VIVA BEM: Higienização das mãos salva vidas

> Fumar na gravidez: riscos que o cigarro pode trazer

> Maio Verde: Glaucoma, conheça a doença que pode provocar cegueira

> VIVA BEM: Violência contra a mulher

> VIVA BEM: Alimentação saudável, saúde e nutrição

> Saiba como prevenir as doenças respiratórias no inverno

> VIVA BEM: Cuide-se: Previna Acidentes de Trabalho

> VIVA BEM: Pneumonia na Infância

> VÍDEO: Hepatites virais é o assunto do Viva Bem

> VIVA BEM: Amamentação, alimente a vida

> VIVA BEM: Esclerose Múltipla

> Doenças cardiovasculares: viva mais cuidando da sua saúde

> VIVA BEM: Um mal do rim, a hipertensão

> VIVA BEM: Doar órgãos é doar vida

> VIVA BEM: Outubro, mês de alerta para doenças reumáticas

> Você sabe quando procurar o Pronto Socorro de um Hospital?

> Câncer de Próstata: diagnóstico precoce aumenta em 95% a chance de cura

> VIVA BEM: Diabetes na infância

> VÍDEO: Depressão: saiba como evitar o mal do século

> VIVA BEM: Você sabe a diferença entre Aids e HIV?

> Obesidade: Hábitos alimentares e atividade física

> Quais as principais orientações para realizar seus exames de sangue?

> VÍDEO: Conheça os perigos da automedicação

> Veja algumas curiosidades sobre as Infecções Sexualmente Transmissíveis

> VIVA BEM: Prevenção do câncer

> Hipertensão Arterial: Saiba mais sobre a doença e como prevenir

> VIVA BEM: É exame de rotina? Peça a creatinina!

> Coronavírus: Quando procurar atendimento médico?

> VIVA-BEM: Covid-19: Previna-se higienizando suas mãos

> VIVA BEM: O profissional de saúde em tempos de Covid19

> Infecções por coronavírus em crianças: o que sabemos até agora?

> CORONAVÍRUS: Cuidados ao sair e ao voltar para casa

> Cuidados especiais para pacientes oncológicos em tempo de COVID-19

> VÍDEO: Primeiros Cuidados Psicológicos em tempos de Coronavírus

> VIVA BEM: Alimentação e imunidade

> VIVA BEM: Proteja o ambiente de trabalho do coronavírus

> VIVA BEM: Doação de Sangue em tempos de coronavírus

> VIVA BEM: Seu maior amor guardado no peito e protegido na cadeirinha

> VIVA BEM: Covid-19 e gestação

> VIVA BEM: A qualidade do ar na prevenção do Coronavírus

> VÍDEO: Armazenar álcool em gel no carro é seguro?

> Agosto dourado - Como amamentar em tempos de Covid-19

> DISPEPSIA FUNCIONAL: “Má Digestão” ou “Gastrite Nervosa”

> VÍDEO: Covid-19: Tire suas dúvidas sobre a doença

> O que o paciente oncológico deve saber durante a pandemia de covid 19?

> VIVA BEM: Como lidar com a ansiedade durante a pandemia?

> VIVA BEM: Câncer de Mama: O que você precisa saber?

> VÍDEO: Retinopatia diabética: conheça a doença, sintomas, tratamento e prevenção

> VIVA BEM: Como identificar o autismo em crianças

> VIVA BEM: Saúde Integral do Homem

> VÍDEO: O que é Rede Catarina de Proteção à Mulher?

> VIVA-BEM: Luz da tela do computador e os efeitos na visão

> DEZEMBRO LARANJA - Fique atento a sua pele, previna-se!

> VIVA-BEM: Alimentação infantil e nutrição adequada

> VIVA BEM: Doenças de verão: saiba o que são e como evitá-las

> VÍDEO: Saúde mental durante a pandemia

> Maternidade após os 40 anos: o que você precisa saber?

> Câncer e Covid-19: o que você precisa saber sobre o assunto

> VIVA BEM: O papel do diagnóstico por imagem na COVID-19

> VIVA BEM: doença Cardiovascular na Covid-19

> VIVA BEM: saúde no ambiente de trabalho

> A importância dos exames laboratoriais no auxílio ao tratamento da Covid-19

> VIVA BEM: processo de luto em contexto de pandemia

> A importância de usar Equipamento de Proteção Individual durante a pandemia

> VIVA BEM: conscientização sobre autismo

> VÍDEO: cuidados ao realizar refeições durante a pandemia

>Você sabe como interpretar as informações nas caixas de medicamentos?

> Como a alimentação pode ajudar fortalecer a imunidade

> VIVA BEM: Menopausa

VIVA BEM: Vacinação em dia é sinônimo de prevenção

> VÍDEO: como cuidar do cordão umbilical do bebê para evitar infecções

> VIVA BEM: O leite materno é a melhor escolha da mãe para o bebê

> VIVA BEM: alerta para o exame de mamografia após vacina contra covid-19

> SETEMBRO VERDE: Saiba como prevenir e combater o Câncer de intestino

> Colesterol e triglicerídeos elevados: quais os riscos e como evitar

> CÂNCER DE MAMA: diagnóstico precoce oferece até 95% de chances de cura

> VIVA BEM: como a alimentação interfere na saúde do corpo

> Novembro Azul chama atenção para os cuidados com a saúde do homem

> DIABETES MELLITUS: Saiba o que é, como prevenir e tratar

> Um em cada 4 portadores de HIV não sabe que está infectado

> Fonoaudiologia preventiva auxilia no desenvolvimento e na qualidade de vida

> VÍDEO: Câncer de pele é o tipo mais comum de Câncer no Brasil

> Uso racional de medicamentos: perigos da automedicação

> VERÃO: muita água e alimentação leve para manter a saúde em dia

> SAÚDE MENTAL: por que é tão importante falar sobre o tema e buscar ajuda?

> VIVA BEM: ouvidos precisam de mais cuidado no verão

Fonte: ASCOM

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.