cresol mobile

05.02.2020 às 15:17h - atualizado em 05.02.2020 às 15:19h - Saúde

Veja algumas curiosidades sobre as Infecções Sexualmente Transmissíveis

Cristian Lösch

Por: Cristian Lösch São Miguel do Oeste - SC

Veja algumas curiosidades sobre as Infecções Sexualmente Transmissíveis
DIVULGAÇÃO

Continua depois da publicidade

Preservativo, camisinha, chame como quiser! O importante mesmo é não deixar de usar este que é o método mais seguro contra a transmissão de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos.

A terminologia Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) passou a ser adotada em substituição à expressão Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), porque destaca a possibilidade de uma pessoa ter e transmitir uma infecção, mesmo sem sinais e sintomas.

Como são transmitidas?

Principalmente por meio do contato sexual (oral, vaginal, anal) sem o uso de camisinha masculina ou feminina, com uma pessoa que esteja infectada. A transmissão de uma IST pode acontecer, ainda, da mãe para a criança durante a gestação, o parto ou a amamentação. De maneira menos comum, as IST também podem ser transmitidas por meio não sexual, pelo contato de mucosas ou pele não íntegra com secreções corporais contaminadas.

Quais são as principais IST?

- Condiloma Acuminado (HPV):

A infecção pelo HPV não apresenta sintomas na maioria das pessoas. Em alguns casos, o HPV pode ficar latente de meses a anos, sem manifestar sinais (visíveis a olho nu), ou apresentar manifestações subclínicas (não visíveis a olho nu).

No início aparecem algumas verrugas no pênis, vagina, ânus ou boca. Caso não seja tratada logo no início, as verrugas se multiplicam e crescem de tamanho, sendo necessária cirurgia para retirá-las. As mulheres devem fazer o preventivo do Câncer pelo menos uma vez ao ano ou conforme orientação médica. Mesmo após o tratamento, as lesões podem reaparecer.

Como prevenir?
Vacinar-se contra o HPV é a medida mais eficaz para se prevenir contra a infecção. O uso de preservativo (camisinha) nas relações sexuais é outra importante forma de prevenção do HPV.

- Sífilis:

É uma infecção curável e exclusiva do ser humano, causada pela bactéria Treponema Pallidum. Pode apresentar várias manifestações clínicas e diferentes estágios (sífilis primária, secundária, latente e terciária). Nos estágios primário e secundário da infecção, a possibilidade de transmissão é maior.

Na primeira fase, o único sintoma é uma ferida, sem dor, no pênis, vagina ou boca. Na segunda fase aparecem manchas pelo corpo, inclusive nas plantas dos pés e palmas das mãos. Se não tratada logo no início, pode passar para a terceira fase, na qual os ossos, o coração e o cérebro são afetados de forma grave.

Como fazer o diagnóstico?

O teste rápido (TR) de sífilis está disponível nos serviços de saúde do SUS, sendo prático e de fácil execução, com leitura do resultado em, no máximo, 20 minutos.

Tem tratamento?

Sim! Para o paciente e seu parceiro, ambos devem ser tratados.

- Herpes Genital:

Herpes genital não tem cura. Se manifesta com lesões (bolha ou vesícula) que somem sozinhas.

- Tricomoníase:

Afeta principalmente as mulheres, com corrimento amarelo-esverdeado, mau cheiro, ardência ao urinar, coceira e dor no ato sexual.

- Gonorreia:

No início, a doença apresenta corrimento amarelo esverdeado com cheiro ruim e ardência ao urinar. Se não tratada, pode afetar trompas, ovários, próstata, testículos e evoluir para a fase em que provoca inflamação das articulações, problemas no coração, no cérebro e esterilidade.

- Hepatite B e C

Como se pega?

Por meio de relações sexuais desprotegidas, sangue contaminado, material perfuro cortantes contaminado e da mãe portadora para filho na hora do parto.

Evolução: A principal consequência são doenças hepáticas, como cirrose e o câncer de fígado, que podem não apresentar sintomas, portanto exigem atenção especial. Hepatite B tem tratamento e Hepatite C tem cura. Verifique se está vacinado para Hepatite B!!!

- HIV/AIDS:

Ainda não existe cura. Os sintomas podem levar vários anos para se manifestar, mas o vírus HIV é transmitido desde o início da doença. Então se houver suspeita, você e seu parceiro devem fazer o exame de HIV nas unidades de Saúde.

RECONHEÇA OS SINAIS MAIS COMUNS DE ALGUMAS ISTs:

-Feridas na vagina, pênis ou boca

-Corrimento na vagina, pênis, ânus ou boca

- Verrugas na vagina, pênis, ânus ou boca

- Ínguas.

Use SEMPRE preservativo em qualquer relação sexual (vaginal, anal, oral), além de prevenir IST evita gravidez indesejada!

--
Vanessa Grolli Klein, médica (CRM/SC 20104) ginecologista e obstetra (RQE 16164) e medicina fetal (RQE 16388)
Médica Katia Bugs
, diretora técnica - CRM 10375

Matérias relacionadas:

> Afogamento é a segunda causa de morte entre crianças de 1 a 9 anos

> Doe sangue e salve vidas

> A dependência de duas drogas lícitas: álcool e cigarro

> Hospital Regional discute a Importância da Prevenção

> Reeducação alimentar controla a pressão arterial e evita o uso de medicamentos

> Diagnóstico precoce do câncer de mama permite alto índice de cura

> Doença Cardiovascular: Vida saudável ajuda a prevenir infartos

> Atividade física e alimentação adequada auxiliam a prevenir a obesidade

> Mudanças de hábitos diminuem a probabilidade e consequências do câncer de próstata

> Acompanhamento médico regular e vida saudável visam controlar o diabetes

> A importância da prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis

> Uso racional de medicamentos: os riscos da automedicação

> Viva Bem - Sucesso no aleitamento materno exclusivo

> Um novo olhar sobre a prevenção

> Programa Viva Bem do Hospital Regional: Cuide da sua coluna

> Aspectos ortopédicos e traumatológicos

> Depressão e outras doenças psicológicas: o sofrimento em ascensão

> Calor pode aumentar número de acidentes com lagartas venenosas

> Benefícios de uma alimentação saudável

> Programa de Saúde Preventiva: Viva Bem

> A Mulher e a Doença Renal - Incluir, Valorizar, Capacitar

> Comprometimento e atenção podem evitar acidentes de trabalho

> A importância do pré-natal para a mãe e o bebê

> Movimento Abril Verde alerta sobre riscos de acidentes de trabalho

> A importância da Higienização das mãos

> Prevenção de quedas na terceira idade

> VIVA BEM: Doenças relacionadas ao trabalho

> Educação Postural: Conheça seus benefícios

> Dicas para prevenir as doenças de inverno

> Inserindo hábitos conscientes e de preservação do meio ambiente em nossa rotina

> 28 de julho - Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais

> Hipertensão: a importância de conhecer, prevenir e controlar

> VÍDEO: VIVA BEM ? Agosto Dourado

> SETEMBRO AMARELO: a dor silenciosa

> VIVA BEM: Prevenção de Quedas de Idosos

> VIVA BEM: Saiba como ser um Doador de Órgãos e Tecidos

> Vacinação: Uma das melhores formas de Prevenir Doenças

> VÍDEO: Outubro Rosa, Previna-se

> Alcoolismo e Tabagismo: dependências que geram problemas de saúde

> Disfagia: entenda a dificuldade de engolir alimentos

> VÍDEO: VIVA BEM; Dezembro Vermelho

> VIVA BEM: cuidando da sua saúde

> JANEIRO BRANCO: Quem cuida da mente, cuida da vida

> VÍDEO: Não faça do seu veículo uma arma!

> VIVA BEM: Câncer tem prevenção!

> Dependência química: Tudo o que você precisa saber

> VIVA BEM: Cuidados na gestação

> VIVA-BEM: Saúde dos Rins para todos

> VIVA-BEM: Saúde da boca: tenha um sorriso bonito e saudável

> VIVA BEM: Os benefícios da atividade física para idosos

> Saiba como higienizar a boca de bebês e crianças de até 5 anos

> VÍDEO: Pratique ginástica laboral/alongamentos

> VIVA BEM: Higienização das mãos salva vidas

> Fumar na gravidez: riscos que o cigarro pode trazer

> Maio Verde: Glaucoma, conheça a doença que pode provocar cegueira

> VIVA BEM: Violência contra a mulher

> VIVA BEM: Alimentação saudável, saúde e nutrição

> Saiba como prevenir as doenças respiratórias no inverno

> VIVA BEM: Cuide-se: Previna Acidentes de Trabalho

> VIVA BEM: Pneumonia na Infância

> VÍDEO: Hepatites virais é o assunto do Viva Bem

> VIVA BEM: Amamentação, alimente a vida

> VIVA BEM: Esclerose Múltipla

> Doenças cardiovasculares: viva mais cuidando da sua saúde

> VIVA BEM: Um mal do rim, a hipertensão

> VIVA BEM: Doar órgãos é doar vida

> VIVA BEM: Outubro, mês de alerta para doenças reumáticas

> Você sabe quando procurar o Pronto Socorro de um Hospital?

> Câncer de Próstata: diagnóstico precoce aumenta em 95% a chance de cura

> VIVA BEM: Diabetes na infância

> VÍDEO: Depressão: saiba como evitar o mal do século

> VIVA BEM: Você sabe a diferença entre Aids e HIV?

> Obesidade: Hábitos alimentares e atividade física

> Quais as principais orientações para realizar seus exames de sangue?

> VÍDEO: Conheça os perigos da automedicação

Foto(s): DIVULGAÇÃO

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.