Publicidade

31.05.2018 às 10:54h - atualizado em 31.05.2018 às 11:49h - Greve

Após aumento de multa, federação dos petroleiros recomenda suspensão da greve

Rudinei Heinle

Por: Rudinei Heinle São Miguel do Oeste - SC

Continua depois da publicidade

Após aumento de multa, federação dos petroleiros recomenda suspensão da greve
Foto: Nina Barboza / G1

Continua depois da publicidade

A Federação Única dos Petroleiros anunciou nesta quinta-feira,31, que decidiu orientar os sindicatos da categoria a suspenderem a greve de 72 horas iniciada na véspera. O recuo acontece após o Tribunal Superior do Trabalho ter aumentado de R$ 500 mil para R$ 2 milhões a multa diária aplicada aos sindicatos dos petroleiros que aderirem à greve.

Na página da FUP foi publicada uma nota afirmando a orientação a suspensão da greve. "A decisão do TST é claramente para criminalizar e inviabilizar os movimentos sociais e sindicais. Diante disso, a FUP orienta os sindicatos a suspenderem a greve. Um recuo momentâneo e necessário para a construção da greve por tempo indeterminado, que foi aprovada nacionalmente pela categoria.

O Sindipetro Paraná de Santa Catarina informou que decidiu, em assembleia realizadas às 23h00 de quarta-feira, 30, pela suspensão da greve e retorno das atividades a partir das 07h30 desta quinta, 31.

Ao revisar o valor da multa, a ministra Maria de Assis Calsing, do TST, atendeu parcialmente a um pedido da Advocacia Geral da União, que queria o aumento, mas pedia R$ 5 milhões.

Na última terça-feira, 29, o TST já tinha considerado ilegal a greve dos petroleiros por entender que a paralisação tem "caráter abusivo". Apesar da decisão do TST de considerar a greve ilegal, a categoria decidiu paralisar as atividades por 72 horas nas bases operacionais e administrativas dos 13 sindicatos que integram a FUP, mas disse que não havia risco de desabastecimento ao país. De acordo com a agência Reuters, 21 plataformas da Petrobras na Bacia de Campos que é responsável por cerca de metade da produção de petróleo do Brasil, aderiram à greve, que também atingiu refinarias e terminais.

Fonte: G1

Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade

AL Contabilidade
Advocacia Fávero
Nedel Celulares.

Comentários depois da publicidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.