31.01.2018 às 11:52h - atualizado em 31.01.2018 às 15:20h - Geral

Corpo de empresário encontrado morto não apresentava sinais de lesões

Kelly Figueiró

Por: Kelly Figueiró São José do Cedro - SC

Corpo de empresário encontrado morto não apresentava sinais de lesões

O desaparecimento seguido da morte do jovem empresário de São José do Cedro, Esequiel Espens tomou grande repercussão entre amigos e a comunidade regional. Após o sumiço do rapaz, na madrugada de domingo, 28, as buscas mobilizaram a polícia militar, civil e os bombeiros de três municípios.

Após a localização do corpo que estava boiando no Rio Uruguai por volta do meio dia desta terça-feira, 30, muitas versões desencontradas eram publicadas em redes sociais, dando conta de que havia marca de tiro, e agressões.

O IML que recolheu o corpo e realizou análises não encontrou sinais de agressões, cortes ou disparo de arma de fogo. Havia marcas de ferimentos, resultantes do tempo que o corpo ficou boiando no rio, devido as pedras e galhos. A família também confirmou para o Portal Peperi que não havia sinal de agressão ou morte violenta.

A suspeita é de afogamento, que será confirmada após o laudo oficial, que tem o prazo de um mês para ser finalizado. O IML também fez exames para confirmar a presença de substancias, mas, devido ao tempo de desaparecimento, os técnicos confirmam que o resultado também pode ser prejudicado.

Uma nota foi repassada pela Policia Civil ao Portal Peperi sobre o caso:

A Polícia Civil de Santa Catarina, pelas Delegacias de Polícia das Comarcas de Fronteira de Palmitos e São Carlos, atendeu ocorrência na tarde desta terça-feira (30/01/2018), onde consta que a Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina localizou um corpo no Rio Uruguai.

Diligenciado até o local, de difícil acesso, com a ajuda das embarcações da PMA, foi possível averiguar tratar-se do corpo de um homem adulto, sendo realizadas as medidas necessárias para deslocamento e retirada do referido das águas do rio.

Posteriormente, foi realizada a identificação do indivíduo, tratando-se da pessoa de Esequiel Antônio Espens. Familiares compareceram ao local, auxiliando nas diligências.

O jovem teria desaparecido ainda na madrugada do dia 27 para o dia 28 de janeiro, quando estava em uma festa que acontecia no balneário da cidade de São Carlos. Os Bombeiros e as Polícias, Civil e Militar, já estavam em busca do paradeiro do jovem desde então.

As investigações seguem, visando esclarecer os fatos, tendo o corpo sido encaminhado para perícia do Instituto Médico Legal. À primeira vista não existiam marcas aparentes de violência, mas aguarda-se o respectivo laudo pericial.

A Polícia Civil de Santa Catarina se solidariza com a família pela perda, bem como, agradece à Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina, Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul, Polícia Militar de Santa Catarina e Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina, pelo apoio prestado.

Comentar pelo Facebook

AL Contabilidade
Advocacia Fávero
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.