Publicidade

30.07.2018 às 08:48h - atualizado em 30.07.2018 às 08:56h - São Miguel do Oeste

Mais de 30 animais morreram nos últimos dois meses em São Miguel do Oeste

Marcos Meller

Por: Marcos Meller São Miguel do Oeste - SC

Continua depois da publicidade

Mais de 30 animais morreram nos últimos dois meses em São Miguel do Oeste

Continua depois da publicidade

31 animais morreram no interior de São Miguel do Oeste nos últimos dois meses. Os dados são da empresa que faz o recolhimento de animais mortos no interior. Em junho, foram 15 mortes e as outras 16 foram em julho.

Segundo o secretário de Agricultura, Renato Romancini, todos os animais foram recolhidos pela empresa contratada pela prefeitura.

O custo da coleta é 100% bancado pelo município.

Romancini explicou que a empresa dá o destino correto para as carcaças dos animais.

Antes de junho, os bovinos e suínos eram enterrados nas propriedades, criando um risco de contaminação ambiental, principalmente dos cursos de água.

Todos os dados relativos a morte de animais nas propriedades rurais de São Miguel do Oeste são lançados em um sistema informatizado.

A informação é do secretário de Agricultura, Renato Romancini. Ele disse que o sistema registra todas as informações como as causas da morte, número do brinco, local do óbito e outros detalhes.

O secretário lembrou que o sistema gera relatório e gráficos que serão analisados pelos veterinários do município.

Disse ainda que, desse modo, o município tem um raio-x completo sobre a mortalidade de animais.

Ele destacou que dessa forma, a secretaria pode tomar as ações corretivas e preventivas sobre o rebanho dos produtores.

Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade

Advocacia Fávero
AL Contabilidade

Comentários depois da publicidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.