cresol mobile

30.06.2020 às 08:31h - atualizado em 30.06.2020 às 10:13h - Profissões

Pescador de Mondaí relata rotina e desafios do profissional

Joana Reichert

Por: Joana Reichert Iporã do Oeste - SC

Pescador de Mondaí relata rotina e desafios do profissional

Continua depois da publicidade

Neste dia 29 de junho foi lembrado o Dia do Pescador.

Segundo o presidente da Associação de Pescadores de Mondaí, Egon Ulrich, a pesca surgiu como uma profissão em sua vida, a partir da necessidade que sentiu de legalizar a atividade que vinha exercendo informalmente.

Ele comenta que sempre atuou na atividade, e a partir da obtenção da carteirinha de pescador profissional, foram possíveis alguns direitos como a venda dos peixes e o auxílio financeiro nas épocas de piracema.

Egon Ulrich conta que sua rotina diária inicia com a colocação das redes no rio, e no dia seguinte a conferência para identificar se algum peixe ficou no local. Ele lembra que é preciso respeitar os lugares onde é proibido colocar as redes, a exemplo das corredeiras.

A comercialização é feita na própria residência e também venda direta na cidade. Ulrich diz que com dedicação, é possível sobreviver e obter renda com a atividade de pesca.

Foto(s): divulgação/arquivo pessoal

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.