29.04.2019 às 18:14h - atualizado em 29.04.2019 às 18:49h - Política

LDO 2020 é entregue mais cedo para a Câmara

Cristian Lösch

Por: Cristian Lösch São Miguel do Oeste - SC

LDO 2020 é entregue mais cedo para a Câmara
Divulgação

Continua depois da publicidade

A Lei de Diretrizes Orçamentárias, LDO 2020, do Município de São Miguel do Oeste já está na Câmara de Vereadores. O projeto foi entregue na Casa Legislativa na tarde desta segunda-feira, 29, pelo prefeito Wilson Trevisan, acompanhado do vice-prefeito Alfredo Spier. O documento foi recebido pelo presidente da Câmara, Everaldo Di Berti, e pelos vereadores Maria Tereza Capra, Carlos Grassi, José Giovenardi e Elias Araújo.

Esta é a primeira vez que se tem registro na história de São Miguel do Oeste em que a LDO é remetida à Câmara ainda no mês de abril. Normalmente, este projeto só era encaminhado entre os meses de setembro e novembro, junto com a Lei Orçamentária Anual (LOA) e as revisões do Plano Plurianual (PPA). Para Trevisan, isso é fruto de um planejamento, para dar maior efetividade à administração pública.

Entre os principais pontos da proposta está a destinação de 1% da receita municipal para emendas impositivas dos vereadores, o que corresponderá a cerca de R$ 1,2 milhão. Os recursos poderão ser investidos nos mais diversos setores, a serem indicados por cada parlamentar, contanto que 50% sejam para a Saúde.

Trevisan explica que a intenção do envio antecipado é proporcionar o tempo adequado para que os vereadores possam analisar as proposições da Administração Municipal. “A LDO expõe as linhas gerais daquilo que pretendemos executar no ano seguinte e serve como embasamento para o Orçamento que é entregue mais adiante, com cada despesa ou investimento descrito individualmente”, ressalta.

Continua depois da publicidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.