cresol mobile

28.05.2020 às 23:08h - atualizado em 29.05.2020 às 08:09h - Segurança

Superlotação na Unidade Prisional é resultado das prisões realizadas pela PM e PC

Marcos de Lima

Por: Marcos de Lima São Miguel do Oeste - SC

Superlotação na Unidade Prisional é resultado das prisões realizadas pela PM e PC
Unidade Prisional Avançada de SMOeste - Foto: Marcos de Lima/Portal Peperi

Continua depois da publicidade

O Portal Peperi noticiou nesta quinta-feira, 28, que a Unidade Prisional Avançada de São Miguel do Oeste está superlotada. De acordo com o gestor da unidade, André de Oliveira, atualmente a UPA está com 144 detentos e o salto no número de presos está ligada diretamente as prisões realizadas pela Polícia Militar e Civil nos últimos dias.

O comandante do 11º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira, Coronel Jailson Franzen, destaca que de fato, todas as pessoas presas pela PM acabam por afetar diretamente na lotação dos estabelecimentos prisionais, infelizmente não há muito o que possa ser feito pela PM, afinal a Lei precisa ser cumprida e os criminosos precisam responder pelos seus crimes.

Franzen comenta que o problema de lotação carcerária não é uma exclusividade de São Miguel do Oeste, é uma situação nacional que envolve uma série de fatores, mas principalmente passa pela conduta de pessoas que insistem em enveredar pelo mundo do crime. O coronel salienta que da parte da Polícia Militar, cabe o trabalho de retirar os criminosos das ruas para que respondam pelos crimes e garantir a segurança das pessoas que optam por ganhar a vida honestamente.

O delegado regional de São Miguel do Oeste, Wesley de Andrade, destaca que não causa surpresa esta informação pois a unidade prisional avançada de São Miguel do Oeste recebe presos de diversos municípios da região, entre eles Descanso, Mondaí e Itapiranga. Wesley enfatiza dizendo que esta superlotação é decorrente de uma posição firme do Ministério Público, que pede as prisões preventivas, e do Judiciário que vem decretando prisões e tirando criminosos das ruas.

Andrade salienta que o conjunto de ações dos órgãos de segurança, juntamente com o Ministério Público e Judiciário, vem trazendo uma maior sensação de segurança à população regional.

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.