28.01.2020 às 10:01h - Economia

48% dos brasileiros ficaram com nome sujo em 2019, diz SPC

Bruna Hohensee

Por: Bruna Hohensee São Miguel do Oeste - SC

48% dos brasileiros ficaram com nome sujo em 2019, diz SPC

Continua depois da publicidade

Praticamente metade dos consumidores brasileiros passaram pela situação de ficar com o 'nome sujo' nos últimos 12 meses. Segundo o levantamento, 48% dos consumidores brasileiros tiveram o CPF negativado nos últimos 12 meses em razão de dívidas em atraso. Por outro lado, 39% disseram ter passado a controlar mais os gastos após a situação e 34% afirmam refletir mais antes de realizar compras. Outros 21% deixaram de emprestar nomes a terceiros e 18% passaram a evitar compras no cartão de crédito.

De acordo com a pesquisa, 78% dos brasileiros até conseguem terminar o mês com todas as contas quitadas, mas em 33% dos casos acaba não havendo sobras no orçamento. Já 22% dos entrevistados sofrem para administrar as finanças e deixam com frequência de pagar seus compromissos.

Fonte: G1

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.