cresol mobile

27.05.2020 às 10:05h - Coronavírus

Moradores de São Miguel recebem SMS sobre casos de COVID-19

Cristian Lösch

Por: Cristian Lösch São Miguel do Oeste - SC

Moradores de São Miguel recebem SMS sobre casos de COVID-19
Cristian Lösch / Portal Peperi

Continua depois da publicidade

Moradores de São Miguel do Oeste procuraram o jornalismo da Rede Peperi, relatando o recebimento de SMS alertando sobre caso confirmado de COVID-19.

Segundo relato, a mensagem via SMS diz o seguinte:

“O Governo de SC informa: Caso confirmado de COVID19 perto de sua residência (CEP89900000). Se puder, fique em casa. Se sair, use mascara www.coronavirus.sc.gov.br

Em contato com a Secom do Governo de Santa Catarina, a reportagem foi informada de que está em andamento, desde a abril o serviço de alertas via mensagens de texto SMS para informar a população sobre casos confirmados de Covid-19 a uma distância aproximada de 200 metros da residência da pessoa infectada.

Esse novo serviço é prestado em parceria com a Associação Catarinense de Medicina que disponibilizou a ferramenta tecnológica e o acesso à base de dados. A ação abrange todos os munícipios catarinenses.

“As mensagens servem para atualizar a população sobre todos os casos positivados até agora em Santa Catarina”, explica o secretário de Estado da Administração, Jorge Eduardo Tasca. Para receber o alerta, não é necessário fazer solicitação ou alterar endereços.

Como funciona o serviço

Quando um caso é positivado para Covid-19, as informações do paciente são preservadas (anonimizadas), não sendo possível identificar a pessoa nem o endereço exato dela. Mas o sistema estabelece um parâmetro territorial, que neste caso é de 200 metros, para o cruzamento dos dados. Com a identificação dos aparelhos celulares dos residentes em áreas próximas (não há identificação do titular da linha) as mensagens são enviadas.

É importante que ao receber o SMS a pessoa verifique se o CEP listado corresponde ao seu atual endereço. “Caso tenha se mudado para um endereço diferente do apontado no SMS, o usuário deverá desconsiderar a mensagem de alerta, mas continuar a seguindo as recomendações gerais de quarentena”, explica o diretor de Tecnologia e Inovação da Secretaria de Estado da Administração, Félix Fernando da Silva.

“Com mais esse serviço, o Governo do Estado amplia a oferta de informação às pessoas, permitindo que cada um possa redobrar os cuidados básicos para evitar a proliferação da doença em Santa Catarina”, explica o Secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino de Souza.

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.