Polícia

26.05.2018 às 09:32h - atualizado em 26.05.2018 às 09:44h - Polícia

Juiz manda soltar suspeitos de furtos em salões comunitários

Joana Reichert

Por: Joana Reichert Iporã do Oeste - SC

Continua depois da publicidade

Juiz manda soltar suspeitos de furtos em salões comunitários

Continua depois da publicidade

Ninguém foi preso na Operação da Polícia Civil que iniciou na madrugada de sexta-feira, 25, e terminou somente no início da noite. Conforme a delegada de Itapiranga, Daiana da Luz, os policiais cumpriram mandado de buscas e apreensão em uma residência em Iporã do Oeste.

No inicio da manhã desta sexta-feira, oito pessoas foram conduzidas a delegacia.

Duas menores, ambas de 16 anos e a namorada de um dos suspeitos foram liberados.

Cinco homens passaram horas prestando depoimento. A delegada pediu a prisão preventiva de três suspeitos de uma série de arrombamentos e furtos em clubes comunitários no interior.

O ministério público acatou, no entanto o juiz substituto do Fórum de Itapiranga não concedeu a prisão preventiva. O judiciário determinou medida cautelar com o recolhimento da carteira de habilitação e recolhimento noturno.

A delegada Daiana Da Luz afirma que os suspeitos detidos pela polícia civil de Itapiranga e Iporã do Oeste assumiram a autoria de arrombamentos e furtos.

De acordo com ela, das oito pessoas encontradas na casa em que foi cumprido mandado de buscas e apreensão em Iporã do Oeste, três eram de Cunha Porã e cinco de Iporã do Oeste.

Dois homens assumiram a autoria dos crimes e um terceiro teve indícios de envolvimento direto.A delegada pediu a prisão de três jovens, de 22, 23 e 24 anos.

Os pedidos foram indeferidos pelo judiciário. A delegada informa que todos seguem como suspeitos e investigados.

A policia civil tem 30 dias para concluir o inquérito e solicitar o indiciamento dos autores. Daiana Da Luz informa que existem outros suspeitos que não foram encontrados ontem.

11 clubes foram arrombados e furtados em cinco municípios. Os ladrões agiram em Itapiranga, São João do Oeste, Tunápolis, Iporã do Oeste e Santa Helena.

Após serem conduzidos a delegacia os ladrões confessaram crimes e indicaram diversos locais que haviam escondido mercadorias em matagais. Os policias recolheram grande quantidade de produtos furtados.

Conforme a delegada Daiana Da Luz, 20 vítimas compareceram na delegacia e reconheceram objetos de mercadorias furtados./ A delegada cita botijões de gás, garrafas de cervejas, pacotes de linguicinha, bateria automotiva, caixa de som, espetos, ferramentas, roupas e produtos alimentícios como chocolate e salgadinhos.

Texto: Delmar Cláudio

Foto(s): Polícia Civil

Continua depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Advocacia Fávero
AL Contabilidade

Mais notícias

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.