cresol mobile

25.11.2021 às 13:24h - atualizado em 25.11.2021 às 13:37h - Geral

Assistente Social alerta sobre alto índice de violência contra a mulher

Diana Isabel

Por: Diana Isabel Itapiranga - SC

Assistente Social alerta sobre alto índice de violência contra a mulher

O CRAS possui entre suas atribuições, a realização de ações preventivas e informativa. Nesta semana, o foco está no debate para reduzir índices de violência contra a mulher.

25 de novembro é a data alusiva ao Dia Internacional de Combate a Violência Contra a Mulher. Conforme a Assistente Social da prefeitura de Itapiranga, Mônia Katzer, objetivo é promover atividades para sensibilizar a sociedade. Neste sentido, a Jornada de Palestra em parceria com a Uceff e Polícia Militar tem contribuído para repassar informações relevantes a população.

Mônia afirma que todo ato de violência ligado a gênero como ameaça, dano físico ou psicológico deve ser combatida. Conforme ela, ainda existe um pensamento errado sobre violência contra a mulher.

A Assistente Social destaca que não é apenas a questão física e sim várias formas, até mesmo patrimonial ou ameaça, xingamento, restrições. Ao todo são considerados cinco tipos de violência que podem causar sérios danos a violência moral, atitudes que visam denegrir a mulher e falas que refletem a cultura de violência e relacionamentos abusivos.

Segundo Mônia Katzer, não é possível tolerar mais este tipo de agressão. A violência contra a mulher alcança índices preocupantes e ainda muitos casos não são registrados. Ela diz que os municípios já possuem rede de profissionais capacitados para atendimento das mulheres vítimas de diferentes agressões.

As ações de combate a violência contra a mulher possuem diversas parcerias. A Assistente Social destaca que as denuncias podem ser feitas na Secretaria de Assistência Social, postos de saúde, farmácia, hospital e polícia que possui a Rede Catarina de Proteção a Mulher. Objetivo da campanha é levar informação a população em geral para gerar mecanismo mais eficiente.

Mônia Katzer considera que a campanha com a Jornada de Palestra tem grande influência na proteção a mulher. Na manhã desta quinta-feira, 25, foi realizada campanha no centro da cidade com entrega de uma flor e um cartão onde consta os telefones para denúncia. A ação em parceria com o Poder Judiciário teve o intuito de divulgar os canais de denúncia no Dia Internacional de combate a violência contra a mulher.

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.