cresol mobile

25.05.2020 às 08:55h - atualizado em 25.05.2020 às 09:02h - Geral

Programa beneficia 41 empresas com R$464 mil em Tunápolis

Diógenes Di Domenico

Por: Diógenes Di Domenico Itapiranga - SC

Programa beneficia 41 empresas com R$464 mil em Tunápolis

Continua depois da publicidade

A Administração de Tunápolis, em função da pandemia do Coronavírus e do período de isolamento que as empresas tiveram que deixar seus estabelecimentos fechados, readaptou o Programa Pró Empresa com o objetivo de oferecer acesso à recursos para capital de giro com o subsídio de todos os juros dos empréstimos.

De acordo com o secretário da Indústria e Comércio, Volmir Lawisch, visando evitar futuras demissões e até fechamento de muitas empresas a administração teve a preocupação de dinamizar, desburocratizando e dando mais celeridade ao programa Pró Empresa na liberação do acesso aos recursos.

Lawisch comenta que a administração está dando um “benefício e não ajuda” às empresas do município, pois foi flexibilizado e oferecemos celeridade no programa, sendo que desde a análise do pedido até a liberação no banco, a duração as vezes leva menos de sete dias. No momento somente uma Instituição Bancária, que é a Sicoob está credenciada junto a prefeitura municipal. Mas outras interessadas também podem se credenciar.

Conforme Lawisch já foram encaminhados em torno de R$ 567 mil em solicitações de empréstimos para atender 50 empresas do município. Deste montante já foram liberados R$464 mil para 41 empresas. As empresas pagam somente o capital divididos em 34 ou 36 parcelas. O juro a prefeitura paga.

“Com a crise da pandemia o Governo Federal criou e está encaminhando novas propostas de linhas de financiamentos para as empresas, porém elas são muito demoradas e requerem muita burocracia, sabemos que mais de 80% das empresas que tem a necessidade não conseguem acessar os recursos e neste sentido o nosso programa municipal é mais dinâmico e eficaz”frisa Lawisch.

Conforme Bruno Saldivia Presidente da AEST a rapidez e dedicação com a qual a prefeitura tratou do tema foi essencial para que as empresas pudessem se estruturar em meio a essa situação tão delicada. O comércio é muito dependente da economia local, e com o período de isolamento muitas empresas sentiram dificuldades. A preservação do emprego e consequente capacidade de consumo foi um importante diferencial para as empresas em Tunápolis.

Segundo o Prefeito Renato Paulata o momento delicado pelo qual passamos, exige a junção de esforços para que apesar de todas as restrições necessárias a preservação da saúde e da vida, se possa manter as atividades econômicas, evitando o desemprego e mantendo ativas as empresas e a economia do município. Conforme ele, mesmo com a redução de receitas, foram mantidos todos os programas de incentivo no setor agropecuário e com essa iniciativa do Pro Empresa 2 de auxiliar na proteção da saúde financeira das nossas empresas.

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.