cresol mobile

24.06.2020 às 14:14h - atualizado em 24.06.2020 às 16:32h - Política

Aprovação de Projeto de Lei congela salários de políticos

Diógenes Di Domenico

Por: Diógenes Di Domenico Itapiranga - SC

Aprovação de Projeto de Lei congela salários de políticos
Foto: arquivos Câmara Tunápolis

Continua depois da publicidade

Vereadores do município de Tunápolis seguem como referência positiva em despesas com salários. Os vencimentos estão entre os menores dos legislativos municipais de Santa Catarina. Conforme o presidente da Câmara, Gustavo Lawisch, os baixos valores estão garantidos para os próximos quatro anos. Na sessão desta semana foi aprovado em primeira votação, por unanimidade, a fixação do subsídio mensal dos vereadores para o período de primeiro de janeiro de 2021 a 31 de dezembro de 2024.

Lawisch afirma que o projeto sem reajuste para a próxima legislatura leva em consideração o momento da economia e a projeção de queda na arrecadação. Ele considera que a Câmara de Tunápolis está fazendo sua parte e dando exemplo. Foi fixado valor mensal para os vereadores em R$ 2032,00. O presidente do Legislativo vai receber R$ 3048,00.

Executivo também é referência positiva em termos de salários pagos. O presidente destaca ainda que os salários do prefeito, vice-prefeito e secretários, também não serão reajustados nos próximos quatro anos. Informa que o valor pago para o cargo de prefeito foi estabelecido em R$ 12.895,00 para vice-prefeito R$ 6.448,00. Já os secretários municipais vão receber 4.803,00. Todos os salários são brutos.

Lawisch observa que a única variação será de acordo com a inflação que será anualmente revisada com o mesmo índice e na mesma data em que for realizada a reposição geral da remuneração dos servidores do município. O projeto ainda necessita da segunda votação na próxima semana. O presidente do legislativo salienta que todos os vereadores são favoráveis ao controle rigoroso de gastos.

Para comparação, em Tunápolis um vereador recebe R$ 2.032,00, já em Itapiranga o salário de vereador é de R$ 5.256,00, ambos brutos. Em Itapiranga limpo fica na casa dos R$ 4.250,00. O presidente da Câmara recebe sem descontos em torno de R$ 7.880,00, com descontos cerca de R$ 6.300,00.

Foto(s): Arquivos Câmara Tunápolis

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.