24.02.2018 às 10:22h - atualizado em 24.02.2018 às 17:01h - Saúde

Município deve receber remessa de vacinas no início de março

Marcos Meller

Por: Marcos Meller São Miguel do Oeste - SC

Município deve receber remessa de vacinas no início de março
Divulgação / PORTAL PEPERI

A falta de vacinas atingiu parcialmente o posto de saúde de São Miguel do Oeste. De acordo com a coordenadora da sala de vacinas do município, Debora Casagrande, o estoque da pentavalente está praticamente esgotado e as doses da BCG terminaram por completo. O posto tem apenas um frasco da pentavalente, que protege contra cinco doses. O que resta já está destinado e será aplicado ainda nesta semana em crianças que já agendaram a vacina. Debora disse que o posto já abriu uma agenda para montar uma lista de pedidos para a BCG. A intenção é atender as crianças assim que o estoque for normalizado.

O município deve receber uma remessa da vacina BCG no começo do mês que vem. A informação foi confirmada pela gerencia regional de saúde para a coordenador da sala de vacinas de São Miguel do oeste, Debora Casagrande. Ela explicou que o medicamento deve ser aplicado a partir do terceiro dia de vida do bebe e protege contra tuberculose. Debora citou que assim que as vacinas chegarem, os pais que deixaram o nome do posto serão chamados pela secretaria. Em relação a pentavalente ainda não há informação sobre a reposição do estoque.

A falta das vacinas BCG e pentavalente preocupa, mas não chega a criar um grande risco para a saúde das crianças. Debora Casagrande explicou que os bebês que já receberam as primeiras doses ainda estão protegidos contra doenças. Já os recém nascidos recebem anticorpos das mães e podem aguardar a vacina por mais algum tempo. Debora citou que, mesmo assim, a falta de vacinas sempre é um tema que preocupa a saúde pública.

Comentar pelo Facebook

Advocacia Fávero
AL Contabilidade
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.