Polícia

23.03.2018 às 09:13h - atualizado em 23.03.2018 às 15:02h - Polícia

Corpo de caminhoneiro morto no Maranhão ainda não tem previsão para liberação

Joana Reichert

Por: Joana Reichert Iporã do Oeste - SC

Corpo de caminhoneiro morto no Maranhão ainda não tem previsão para liberação

Mariocir Rigo, de 56 anos, popular “Pin”, foi morto na noite de quarta-feira, 21, com um tiro no peito, enquanto dirigia o caminhão câmara fria de sua empresa, Transporte Rigomar de Mondaí, na MA 006.

O fato ocorreu entre as cidades de Balsas e Fortaleza dos Nogueiras, no Maranhão.

Segundo familiares e amigos do caminhoneiro, nesta quinta-feira, 22, era feriado em Balsas, e por isso, o processo de liberação do corpo deve iniciar apenas nesta sexta-feira, 23. O corpo de Mariocir Rigo foi recolhido por uma funerária.

O caminhão que ele dirigia estava carregado com bombons da Cacau Show, e ainda restavam duas entregas para serem feitas.

Além do tiro com disparo de arma de fogo, Rigo também teve o pescoço cortado.

O corpo dele foi deixado na cabine, e foram levados apenas alguns de seus pertences.

As marcas dos tiros também ficaram no para-brisa do caminhão.

Motoristas relataram que a rodovia está em péssimas condições e cheia de buracos, obrigando os motoristas a trafegarem em baixa velocidade, o que facilita a atuação de marginais que atacam os caminhões.

Foto(s): Divulgação/arquivo pessoal

Comentar pelo Facebook

AL Contabilidade
Advocacia Fávero
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.