Polícia

22.11.2018 às 19:58h - atualizado em 23.11.2018 às 07:51h - Polícia

Argentino expulso do exército acusado por crimes durante a ditadura é preso em Maravilha

Kelly Figueiró

Por: Kelly Figueiró São José do Cedro - SC

Argentino expulso do exército acusado por crimes durante a ditadura é preso em Maravilha

Continua depois da publicidade

Na tarde desta quinta-feira, 22, Policiais Militares de Maravilha conduziram até a Delegacia um homem que se encontrava na rodoviária da cidade fardado com roupas militares e alegando ser do Exército Argentino.

Na Delegacia, Claudio Vallejos identificou-se como sendo capitão do Exército Argentino. Imediatamente os Policiais Civis fizeram contato com Policiais da Argentina, os quais confirmaram que ele é ex-militar, mas que havia sido expulso por envolvimento em vários crimes.

Em consulta aos sistemas internos de inteligência, verificou-se que ele possuía ampla ficha criminal, tendo cumprido pena em diversas prisões estaduais e sido extraditado no ano de 2013 para a Argentina. Além dessas informações, em contato com Policiais Federais da imigração brasileira, foi confirmado que Vallejos havia sido expulso do Brasil.

Durante o registro do Boletim de Ocorrência, o homem passou a desacatar os Policiais Civis, ameaçando-os de morte, momento em que foi dada voz de prisão ao mesmo, sendo necessário o uso da força para conter o conduzido.

O homem é acusado por crimes de tortura, homicídio, sequestro e desaparecimento forçado de pessoas durante a ditadura militar na Argentina (1976-1983).

Em razão da constatação do crime federal de reingresso de estrangeiro expulso do País, os Policias Civis e Militares de Maravilha o conduziram para lavratura de Auto de Prisão em Flagrante pela Polícia Federal de Chapecó pelos crimes de desacatado, resistência e também de reingresso de estrangeiro expulso.

Fonte: Polícia Civil

Continua depois da publicidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.