X DEBATE

20.03.2018 às 20:53h - atualizado em 21.03.2018 às 08:39h - Meio Ambiente

Chuva compromete aulas e abastecimento de água no Extremo Oeste

Kelly Figueiró

Por: Kelly Figueiró São José do Cedro - SC

Chuva compromete aulas e abastecimento de água no Extremo Oeste

Foram registrados estragos e alagamentos em vários municípios da região como Guarujá do Sul, Princesa e Palma Sola, mas, pelos levantamentos feitos na noite desta terça-feira, 20, pela reportagem do Portal Peperi, os maiores estragos foram em São José do Cedro e Anchieta.

As chuva e vento forte que iniciaram por volta de 12h20 e seguiram durante a tarde causaram alagamento em ruas, casas e comércios de São José do Cedro. Alguns locais onde já são registrados problemas corriqueiros voltaram a ter água invadindo as vias, e também áreas onde nunca haviam registrado problemas. O Lajeado Cedro transbordou mais uma vez e as bocas de lobo não deram conta do excesso de água. Houve um destelhamento no loteamento São Domingos.

Há também muitos danos no interior em estradas, lavouras, açudes que estouraram ou foram invadidos por rios, barrancos desmoronaram e houve erosão. Pontes também ficaram submersas e comunidade ilhadas. O presidente da Defesa Civil, Volnei Dallo, acompanhou os trabalhos e auxílios. Os bombeiros atenderam alguns chamados. O prefeito Plínio de Castro pediu calma da população e explicou que o poder público também está com equipes acompanhando os serviços emergenciais necessários. O diretor do Semae, Junior Kunz, orientou que as pessoas economizem água, pois a produção está menor que o comum, devido ao alto índice de turbidez que o Rio das Flores apresenta.

Em Anchieta, município que comemora hoje os 55 anos de emancipação, a situação é ainda pior. A Avenida Anchieta ficou alagada, com vários veículos danificados e estabelecimentos invadidos pela água. Muitas casas também tiveram danos em muros, portões e móveis e uma moradia desabou parcialmente. A sede da PM teve queda de muro que gerou avarias na estrutura. No interior também houve diversas pontes e acessos submersos.

O prefeito, Ivan Canci, afirmou que a equipe esteve mobilizada em um plano de ação junto aos bombeiros e Defesa Civil. Ele informou que as aulas foram cancelas nesta quarta-feira, 20, devido a alagamento na creche a nas estradas do transporte.

O abastecimento de água de Anchieta também foi comprometido, pois uma bomba de água do reservatório que abastece a cidade foi levada pela correnteza do rio. A substituição do equipamento já foi providenciada e o abastecimento na cidade deve voltar à normalidade nesta quarta-feira.

Nesta quarta-feira, 20, às 7h30, no Corpo de Bombeiros Militar, acontecerá reunião com a Defesa Civil para avaliar a situação, planejar o levantamento dos prejuízos e discutir sobre a possibilidade de decretar situação de emergência.

Foto(s): Divulgação redes sociais

Comentar pelo Facebook

AL Contabilidade
Advocacia Fávero
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.