Publicidade

20.03.2018 às 16:07h - atualizado em 20.03.2018 às 16:15h - Agricultura

Casa Familiar Rural de Iporã do Oeste se destaca na produção de mudas de flores

Joana Reichert

Por: Joana Reichert Iporã do Oeste - SC

Continua depois da publicidade

Casa Familiar Rural de Iporã do Oeste se destaca na produção de mudas de flores

Continua depois da publicidade

A produção é feita pelos alunos do curso técnico em agricultura com formação em ensino médio.

Conforme a diretora da escola, Liane Wendenburg, o projeto denominado de “Caprichando o jardim”, objetiva trabalhar com os jovens o manejo correto de produção de mudas de época utilizadas no ajardinamento externo das propriedades rurais e espaços públicos municipais.

A diretora comenta que para o manejo correto, inicialmente é preciso respeitar a época de cultivo de cada variedade de flor.

Cada variedade tem uma floração média de dois a três meses, desde que a produção seja feita da forma correta. Durante a produção os alunos aprendem sobre as variedades das flores, as épocas de plantio, cultivo e floração, a adubação das mudas e o controle de pragas e doenças que é feito na escola de forma agroecológica./ Por ano são produzidas em média 15 mil mudas.

Além das disciplinas do currículo comum, e da parte técnica, em áreas como animais e vegetais, os alunos desenvolvem outros projetos com o objetivo da formação integral do cidadão.

A diretora da Casa Familiar Rural destaca que para que a propriedade seja desenvolvida tecnicamente e tenha produção, é importante também cuidar do espaço físico que contribui para o bem estar das famílias agricultoras.

Para desenvolver o projeto da produção das flores, a escola conta com a parceria do governo municipal que há oito anos construiu a estufa das mudas, inicialmente para o cultivo de flores usadas no ajardinamento dos espaços públicos.

A escola também recebe incentivo financeiro da prefeitura para desenvolver os trabalhos. Além dos espaços públicos, escolas e famílias dos estudantes, as mudas também são destinadas para comercialização a comunidade em geral. As flores que estão sendo cultivadas agora, estarão disponíveis para comercialização em abril.

Continua depois da publicidade

Foto(s): Casa Familiar Rural/Jornei de Souza

Continua depois da publicidade

AL Contabilidade
Advocacia Fávero

Comentários depois da publicidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.