Publicidade

20.02.2018 às 07:20h - Geral

Famílias do MST voltam a ocupar fazenda do Oeste catarinense

João Bresolin

Por: João Bresolin São Miguel do Oeste - SC

Continua depois da publicidade

Famílias do MST voltam a ocupar fazenda do Oeste catarinense

Continua depois da publicidade

Cerca de 400 famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra voltaram no último sábado, 17, a ocupar uma área entre os municípios de Xanxerê e Faxinal dos Guedes. Em novembro, elas precisaram deixar o local durante uma reintegração de posse.

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária de Chapecó, disse que não tem mais relação com esse caso, já que o processo de reintegração de posse corre em Brasília. Também informou que o Incra Nacional está acompanhando essa situação.

Após a reintegração de posse, realizada pela Polícia Militar, as famílias do MST foram para o ginásio de esportes de Faxinal dos Guedes e, depois, para uma área cedida por um agricultor.

De acordo com o MST, o Incra e o poder público não deram andamento aos procedimentos administrativos e que as famílias retornam à área em tom de denúncia.

O local ocupado agora fica a cerca de um quilômetro daquele onde o MST estava há cerca de dois anos.

Segundo o Incra, a área era pública até 1989, quando foi repassada à família Prezzotto através do programa de regularização fundiária com cláusulas resolutivas, no entanto, conforme o Incra, o título da área foi cancelado por descumprimento de uma cláusula.

O caso está na Justiça Federal, que por enquanto, julgou apenas o mérito da posse da área, favorável à família.

A ação de reintegração no fim de novembro de 2017 contou com 130 policiais militares de diferentes batalhões do estado, além da participação dos bombeiros, Samu, Cidasc e do Conselho Tutelar.

Fonte: G1/SC

Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade

AL Contabilidade
Advocacia Fávero

Comentários depois da publicidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.