19.02.2018 às 15:20h - atualizado em 19.02.2018 às 15:27h - Geral

Onir Mocellin deixará comando do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina

Marcos de Lima

Por: Marcos de Lima São Miguel do Oeste - SC

Onir Mocellin deixará comando do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina
Foto: Krislei Oechsler / CCS/CBMSC / CCS/CBMSC

Será oficializada nas próximas horas uma troca no comando-geral do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina. O coronel Onir Mocellin, 54 anos, deixará a função por opção do novo secretário de Segurança Pública do Estado, Alceu de Oliveira Pinto Junior, que toma posse nesta terça-feira, 20. O substituto no comando dos bombeiros será o coronel João Valério Borges, 53 anos, atual subcomandante-geral.

Uma reunião no começo da tarde desta segunda-feira, 19, confirmou a troca. Borges é natural de Alvorada – RS, e entrou na corporação em 1985. Era subcomandante desde julho do ano passado. Antes de vir para a Capital, era comandante da 2ª Região de Bombeiros Militar em Lages.

Uma solenidade para efetivar o ato deve ocorrer entre o final desta semana e o começo da próxima. Mocellin irá para a reserva remunerada dos bombeiros depois de quase 35 anos de serviços na corporação.

Troca em todas as forças de segurança

Com a mudança nos bombeiros, o novo secretário consolida novos nomes em todas as forças de segurança do Estado. Em solenidade nesta terça-feira, 20, às 9h30, na sede da SSP, em Florianópolis, Alceu assume a secretaria e dá posse ao novo delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Ghizoni. O delegado Luiz Ângelo Moreira, oriundo da Serra Catarinense, será o delegado-geral adjunto.

Na próxima quinta-feira, 22, às 10h, o coronel Araújo Gomes entrará oficialmente no comando-geral da Polícia Militar. O coronel Claudio Roberto Koglin será o subcomandante-geral.

Mudança na diretoria-geral do IGP

A nova cúpula da Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina também decidiu substituir o atual diretor do Instituto Geral de Perícias. Miguel Acir Colzani deixará o cargo nos próximos dias depois de três anos. Ele assumiu a função em janeiro de 2015.

No lugar dele será empossado Giovani Eduardo Adriano, até então diretor da Academia de Perícia do IGP. Adriano já comandou o instituto e deixou o posto em 2010. Ele é ligado ao PMDB, partido do governador em exercício Eduardo Pinho Moreira. Colzani voltará a atuar como perito criminal em Palhoça, onde é lotado.

Comentar pelo Facebook

Advocacia Fávero
AL Contabilidade
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.