18.09.2019 às 09:03h - atualizado em 18.09.2019 às 09:53h - Cultura

Comitiva do Oeste Catarinense na Alemanha conhece sistema de administração das cidades alemãs

Joana Reichert

Por: Joana Reichert Iporã do Oeste - SC

Comitiva do Oeste Catarinense na Alemanha conhece sistema de administração das cidades alemãs

Continua depois da publicidade

Fazendo parte do roteiro da viagem à Alemanha, os 27 integrantes da comitiva participaram de palestra com o sub-prefeito da região de Trier-Westpfalien, Marc Borkam.

O sub-prefeito também concedeu entrevista ao repórter Laércio Antonio, com tradução de Clarí Wehrmann.

O sistema político na Alemanha é o parlamentarismo. Conforme Marc Borkam, o seu trabalho é desenvolvido em conjunto com todas as instituições da cidade de Trier, o Oberbürgermeister, um prefeito geral, que na região Extremo Oeste Catarinense se compara ao presidente da AMEOSC. Esse prefeito geral possui maior poder de administração, com dedicação total e recebimento de salário. O trabalho conta também com a parceria da Gesamtstadt Vorstandt, entendida como uma câmara de vereadores, e com o Stadtparlament, conselho de várias cidades.

A região de Trier tem 19 bairros, de tamanhos variados, e cerca de 100 mil habitantes. O bairro administrado por Marc, Trier Westpfalien, tem em torno de sete mil habitantes. Esse bairro possui um conselho local, o Stadtteilparlament, composto por 15 membros, do qual ele é presidente, coordena as reuniões deste grupo e é o responsável pela intermediação entre administração da grande região, os moradores e o conselho.

Marc é o responsável por trazer os temas a serem discutidos e coordena a sua aplicação na pratica. O trabalho de Marc Borkam é voluntário. Ele exerce a profissão de professor e diretor de escola. Já o trabalho de sub-prefeito não é exercido como profissão.

Na Alemanha o voto é facultativo e, ao contrário do que ocorre nas eleições nacionais, onde em torno de 70% dos alemães vão às urnas, nos estados e distritos praticamente toda população vota. A cada cinco anos ocorre eleição para sub-prefeito. Em maio deste ano ocorreu a última eleição.

Enquanto sub-prefeito, Marc Borkam precisa se esforçar para solucionar os problemas da sua área. Se tiver lixo nas ruas ou se uma rua precisa ser renovada, cabe ao sub-prefeito realizar os encaminhamentos. Se os moradores estiverem satisfeitos com o trabalho, ele será reeleito em cinco anos.

Marc Borkam afirma que os sub-prefeitos são pessoas que querem se engajar para a boa administração do local, para que seja melhor e mais bonito. Ele diz que se sente realizado com este trabalho. Para o sub-prefeito, é gratificante receber e ver as pessoas que vêm do Brasil em busca de suas origens na Alemanha. Sobre o convite de vir ao Brasil, Marc diz que tem interesse, mas, por não viajar de avião, terá que procurar um navio e virá assim como as pessoas faziam antigamente.

Nesta terça-feira o grupo visitou o Castelo Eltz, da família Eltz, que administrava a região e morava no local até o século 19.

Imponente em meio às montanhas e ao verde da mata, o Castelo ainda conserva intactos detalhes em móveis, utensílios domésticos e inclusive armas da época.

O dia de visitas encerrou em uma propriedade exemplo na produção de leite, com plantel de 120 vacas. A família possui também uma fábrica de lácteos, como iogurte e outros derivados, produzidos com o leite da propriedade.

Já na manhã desta quarta-eira o grupo do Oeste Catarinense fez visitas pelo centro de Trier, principal cidade do Hunsrück.

Fonte: Laércio Antonio/Clarí Wehrmann

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.