18.06.2018 às 10:36h - atualizado em 18.06.2018 às 10:42h - Saúde

Hospital São Lucas inicia campanha de arrecadações junto à fatura de energia

Kelly Figueiró

Por: Kelly Figueiró São José do Cedro - SC

Continua depois da publicidade

Hospital São Lucas inicia campanha de arrecadações junto à fatura de energia

Continua depois da publicidade

De acordo com o é do presidente da associação hospitalar de Guaraciaba, Claudemir Parmigiani, muitos dos munícipes já realizam essa doação, porém os valores acabam sendo de apenas um real por família. O montante chega a R$ 7 mil ao mês. Durante entrevista para o Portal Peperi, ele esclareceu que há muitos anos, quando foi realizada essa primeira campanha de arrecadação junto as faturas, a realidade era outra tanto de economia, quando da instituição. O presidente acredita que a contribuição pode aumentar, sem prejudicar o orçamento das famílias.

Parmigiani comenta que para auxiliar o São Lucas, os munícipes deverão preencher uma autorização que está disponível na Celesc e que será entregue também nas residências, onde deverá conter dados sobre o Titular da fatura, Endereço, Localidade, Unidade Consumidora e o Mês de Referência para início dos débitos.Além disso, poderão realizar as doações tantos pessoas físicas quanto pessoas jurídicas. PARMIGIANI lembra ainda que o Hospital São Lucas conta agora com atendimento de plantão 24 horas.

Para ele, o principal problema do hospital São Lucas é a falta de pacientes e de receitas próprias. Segundo o presidente, há dois lados bons na situação, já que o número de pessoas que estão doentes é baixo, e também que a secretaria da saúde vem prestando seu papel, da prevenção e consultas de rotina. Porém, devido a escassez de receitas com consultas e exames, também não há dinheiro para manter o local e seus funcionários que possuem custos fixos.

Ele lembra que há previsão de parceria com institutos para gerirem a unidade, amentando a oferta de especialistas. Além disso, a intenção é fazer convênio com município próximos que não possuem hospitais como Anchieta, Belmonte, Paraíso, Bandeirante e Tunápolis. Para o hospital se manter seria necessário manter 35 leitos ocupados, mas a média diária é de dois a três. Os valores das AIHs é feito de acordo com as internações por parte do Sus.

Continua depois da publicidade

Advocacia Fávero
AL Contabilidade
Nedel Celulares.

Mais notícias

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.