Polícia

18.05.2019 às 09:59h - atualizado em 18.05.2019 às 10:16h - Polícia

Polícia Civil de Maravilha já prendeu cinco homens por crimes sexuais neste ano

Joana Reichert

Por: Joana Reichert Iporã do Oeste - SC

Polícia Civil de Maravilha já prendeu cinco homens por crimes sexuais neste ano

Continua depois da publicidade

A data de 18 de maio é alusiva ao "Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual Infantil".

Casos envolvendo abuso sexual de crianças e adolescentes na região têm chamado a atenção da Polícia Civil.

Em 2019, a Polícia Civil de Maravilha já prendeu cinco homens envolvidos em crimes sexuais, os quais tiveram como vítimas crianças e adolescentes, além de um pedófilo na cidade de Cunha Porã.

1º Caso - Operação "Hidden"

No dia 9 de janeiro de 2019, foi deflagrada pela Polícia Civil de Maravilha a Operação "Hidden", quando foi cumprido um mandado de busca e apreensão em uma residência na cidade de Cunha Porã. Na oportunidade, foi localizado em um computador vasto material contendo cenas pornográficas envolvendo crianças e adolescentes de diversas idades.

O homem confirmou que todo o conteúdo era de sua propriedade, sendo preso em flagrante.

2º Caso – Abuso sexual de criança

Ainda no mês de janeiro, a Polícia Civil de Maravilha tomou conhecimento da prática de possível abuso sexual cometido por um homem de 38 anos, tendo como vítima a filha de sua companheira, uma menina de apenas 6 anos de idade.

A investigação apurou que o investigado, valendo-se da sua proximidade, confiança e autoridade sobre a vítima, obrigava-a a praticar atos sexuais. A criança foi submetida a exames que comprovaram os abusos, os quais ocorriam há bastante tempo. O investigado foi preso pela Polícia Civil, no dia 29 de abril de 2019.

3º Caso – Prisão de estuprador

No dia 21 de fevereiro de 2019, a Polícia Civil recebeu informação que um estuprador, foragido do Paraná, estaria em Maravilha. O criminoso havia sido condenado a 08 anos de reclusão pela prática do crime de estupro de vulnerável naquele estado. Após diligências, os Policiais Civis localizaram e prenderam o homem de 25 anos, no centro de Maravilha.

4º Caso – Prisão de abusador sexual

Ainda no mês de fevereiro, após a apreensão de um Smartphone furtado, foi identificado que um homem de 30 anos teria abusado sexualmente de uma adolescente de 12 anos. No dia 22 de fevereiro de 2019, o investigado foi preso, no bairro Industrial, às margens da BR 282.

5º Caso – Prisão de homem que abusava sexualmente da enteada

No início de abril, a Polícia Civil tomou conhecimento que um homem, de 43 anos, estava abusando sexualmente de sua enteada de 11 anos. Após a investigação e exames que comprovaram que os abusos ocorriam há bastante tempo, o investigado foi preso no dia 12 de abril.

Como agir ou prevenir os casos de exploração sexual infantil

A Polícia Civil de Maravilha alerta à população que uma das maneiras de se combater a violência sexual contra crianças e adolescentes é a prevenção.

É necessário que os pais e responsáveis estejam sempre atentos a qualquer mudança comportamental de forma repentina e brusca.

Na maioria dos casos, crianças extrovertidas, principalmente em relação ao agressor, acabam evitando o agressor, porém, em alguns casos, começam a ter uma proximidade excessiva, o que também é um sinal que algo está errado.

Caso houver suspeitas, a orientação é procurar a delegacia de Polícia Civil mais próxima, bem como o Conselho Tutelar. A denúncia pode ser formalizada através do registro de Boletim de Ocorrência ou, ainda, através do disque-denúncia 181 ou número (49) 98802-9917 (WhatsApp denúncia) da delegacia de Maravilha.

Também há o disque 100 (Direitos Humanos), que possui um setor específico de proteção de crianças e adolescentes. O serviço funciona em nível nacional, após receberem as denúncias eles repassam à Polícia Civil para investigações que o caso requer.

Fonte: Polícia Civil

Continua depois da publicidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.