18.05.2017 às 13:49h - atualizado em 18.05.2017 às 17:16h - Economia

Município fecha primeiro quadrimestre com saldo de 199 vagas de trabalho

Marcos de Lima

Por: Marcos de Lima São Miguel do Oeste - SC

Município fecha primeiro quadrimestre com saldo de 199 vagas de trabalho

A geração de emprego formal em São Miguel do Oeste manteve a tendência de alta no mês passado. De acordo com o Ministério do Trabalho, 317 trabalhadores foram demitidos em abril, mas 407 foram contratados pelas empresas. O saldo foi de 90 vagas. No acumulado do ano, foram 199 admissões a mais do que o número de desligamentos. Apesar do crescimento, a geração de empregos no primeiro quadrimestre deste ano foi menor do que o mesmo período do ano passado. Em 2016, o saldo foi de 311 vagas entre janeiro e abril.

O setor industrial foi o que mais contribui para a geração de emprego formal no município nos primeiros quatro meses do ano. Entre janeiro e abril, a indústria teve um saldo positivo de 162 vagas. O setor de serviços gerou 88 postos de trabalho e a agropecuária teve 14 admissões a mais do que demissões. O comércio foi a área que teve o pior desempenho com um saldo negativo de 48. A construção civil também demitiu mais do que contratou e fechou o quadrimestre com 14 vagas a menos.

O diretor do movimento econômico da prefeitura de São Miguel do Oeste, Plaudenir Malmann, afirma que a tendência é de que o saldo positivo de emprego formal se mantenha nos próximos meses. Para ele, Santa Catarina tem uma condição diferenciada e isso se reflete na geração de postos de trabalho.

Comentar pelo Facebook

AL Contabilidade
Advocacia Fávero
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.