X A Freira - 2D

18.04.2018 às 14:02h - atualizado em 18.04.2018 às 18:14h - Geral

VÍDEO: PMA realiza soltura de animal tratado no Hospital Veterinário da Unoesc

Cristian Lösch

Por: Cristian Lösch São Miguel do Oeste - SC

VÍDEO: PMA realiza soltura de animal tratado no Hospital Veterinário da Unoesc
Divulgação / UNOESC - SMO

A Polícia Militar Ambiental realizou, recentemente, a soltura de um veado-bororó-do-sul (Mazama nana), que recebeu tratamento e reabilitação no Hospital Veterinário da Unoesc São Miguel do Oeste (CliniVet). O animal foi resgatado, após ser atropelado em São José do Cedro, e encaminhado à CliniVet pela Polícia Militar Ambiental.

Segundo as professoras do curso de Medicina Veterinária, Fernanda Bandiera e Daniele Beuron, o veado-bororó-do-sul estava desidratado e com dificuldades para locomover-se, devido a uma lesão no membro torácico esquerdo. "O animal foi submetido ao exame radiográfico para avaliação do membro comprometido e colocação de tala ortopédica para correção de luxação e recebeu a administração diária de anti-inflamatórios. Além disso, foi usada sonda nasogástrica para promoção de alimentação enteral e suplementação hídrica", relatam as médicas veterinárias.

O animal ficou internado durante 25 dias no setor de Animais Silvestres da CliniVet, que é coordenado pelo professor Jackson Preuss e mantido pelos estagiários do Núcleo de Estudos em Vida Selvagem (NEVS). Segundo o professor Jackson Preuss, após o tratamento clínico e nutricional, o veado-bororó-do-sul apresentou melhora no quadro clínico; passou alimentar-se sem o auxílio de sonda e não apresentou mais sinais de dor ou desconforto. Dessa forma, foi possível fazer a reabilitação e, posteriormente, a soltura em uma área segura e com condições ecológicas adequadas à espécie.

Além de salvar a vida do animal, os alunos puderam ampliar os seus conhecimentos. "Esse tipo de atividade é muito importante para os acadêmicos, pois eles têm a oportunidade de conhecer mais sobre a área de animais silvestres, além de aprender sobre o assunto vivenciando a prática", ressalta o professor e biólogo, Jackson Preuss.

Para o acadêmico Samuel Bressan, a área de animais silvestres e exóticos vem conquistando cada vez mais espaço na medicina veterinária, tanto pela sua diversidade como pelo aumento da demanda de animais que necessitam de cuidados terapêuticos. "Participar do tratamento e reabilitação do veado-bororó-do-sul proporcionou uma gama de novos conhecimentos. Experiências como essa são únicas, durante a graduação, principalmente, tratando-se de animais de vida livre. Além da satisfação em poder contribuir na recuperação da fauna silvestre, a atividade é um diferencial para o meu futuro profissional", avalia Samuel.

Convênio com a Polícia Militar Ambiental

A Unoesc e a Polícia Militar Ambiental (PMA) assinaram, no final do ano passado, o termo de acordo de cooperação técnica e institucional para o atendimento e tratamento de animais recebidos, apreendidos e resgatados pela PMA. De acordo com a coordenadora do curso de Medicina Veterinária, professora Daniele Beuron, o atendimento na CliniVet desses animais de vida livre, capturados e/ou encontrados pela PMA, proporciona uma chance de sobrevivência. "Sem o atendimento médico veterinário, essas espécies teriam nenhuma ou poucas chances de sobreviver", avalia a professora.


Fonte: Divulgação / UNOESC - SMO

Foto(s): Divulgação / UNOESC - SMO

Comentar pelo Facebook

AL Contabilidade
Advocacia Fávero
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.