18.01.2018 às 15:43h - atualizado em 18.01.2018 às 21:54h - Infraestrutura

Situação da BR-163 causa acidentes com vítimas e prejuízos materiais

Kelly Figueiró

Por: Kelly Figueiró São José do Cedro - SC

Situação da BR-163  causa acidentes com vítimas e prejuízos materiais

A determinação da Justiça Federal para que o Dnit retome as obras na BR-163 suspensas há vários meses traz esperança aos usuários da rodovia, no trecho entre Dionísio Cerqueira e São Miguel do Oeste.

O local é usado como caminho para vários caminhoneiros que escoam a produção via aduana de cargas ou como conexão entre o Paraná e Rio Grande do Sul. O número de veículos é cada vez maior.

A situação da rodovia, com uma série de buracos e desníveis tem gerado muitos transtornos. No final de semana foram pelos menos dois capotamentos registrados por conta dos buracos. Em ambos os casos, os ocupantes tiveram ferimentos leves. Mas, há casos de colisões fatais na “rodovia da morte”, como é chamada por vários motoristas.

Nos dias de chuva, a situação fica ainda mais difícil, pois as “crateras” ficam encobertos pela água.

A reportagem da Peperi esteve no local e conversou com vários motoristas que usam a BR para irem ao trabalho ou para estudarem diariamente. Grande parte deles, confirmou danos nos automóveis com pneus, calotas, rodas, e outros problemas mecânicos causados com a situação. A população está revoltada com a situação recorrente de abandono. No trecho entre a serra da Maria Preta, em Dionísio Cerqueira, e a cidade de Guarujá do Sul, há pelo menos 20 calotas depositadas no local.

Foto(s): Kelly Figueiró e Cássia dos Santos/ Portal Peperi

Comentar pelo Facebook

AL Contabilidade
Advocacia Fávero
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.