cresol mobile

17.05.2020 às 01:30h - atualizado em 17.05.2020 às 15:30h - Coronavírus

Chapecó se torna a cidade com mais casos em Santa Catarina

Cristian Lösch

Por: Cristian Lösch São Miguel do Oeste - SC

Chapecó se torna a cidade com mais casos em Santa Catarina
Divulgação / Internet

Continua depois da publicidade

Chapecó ultrapassou Florianópolis e tornou-se a cidade com mais casos confirmados de coronavírus em Santa Catarina, segundo os dados divulgados pelo Governo do Estado neste sábado. O novo boletim informou que há 4.678 pacientes com teste positivo para Covid-19, dos quais 2.651 já se recuperaram e 1.946 estão em acompanhamento. Destas, 480 foram identificadas em Chapecó, enquanto Florianópolis tem 473 casos.

Duas mortes também entraram nos registros da Secretaria de Saúde: uma mulher de 76 anos em Joinville, que continua no posto de cidade com mais óbitos por Covid-19, e outra de um homem de 81 anos em Navegantes. Ambos apresentavam fatores de risco. Desde o início da pandemia, 81 mortes foram causados pelo coronavírus em Santa Catarina. Esses números colocam a taxa de letalidade do Estado em 1,73%.

A terceira cidade com mais casos confirmados é Blumenau (418), seguida por Joinville (303), Criciúma (279), Concórdia (240), Balneário Camboriú (176), Itajaí (172), Navegantes (149) e Braço do Norte (109). Há 167 municípios com pelo menos um caso e 40, com ao menos uma morte causada pelo novo coronavírus.

O município de Vargem, que aparecia na lista com um caso confirmado, foi removido após a constatação de um equívoco na notificação. O município não possui casos confirmados. Um dos óbitos que estava contabilizado como Laguna foi alterado para Criciúma, cidade onde residia a pessoa falecida. O endereço mais recente foi constatado após a investigação.

Ocupação de UTI

Um total de 145 pacientes está em leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) em Santa Catarina nas redes pública e privada, entre casos confirmados de Covid-19 (77) e suspeitos (68). A ocupação de UTIs reservadas para pessoas com infecção por coronavírus pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é de 22,8%. Ela cresceu ainda mais em relação ao maior índice já registrado: nesta sexta-feira (15), o Estado havia atingido o maior índice de ocupação dos leitos de UTI desde o início da pandemia: 21,4%.

Atualmente, são 501 leitos destinados a essa finalidade. Desde o início da pandemia, 321 pacientes já tiveram alta da terapia intensiva para a enfermaria.

Fonte: NSC Total

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.