cresol mobile

17.05.2020 às 09:25h - atualizado em 17.05.2020 às 15:21h - Geral

Campanha contra o abuso e a exploração sexual de Crianças e Adolescentes chega à 20ª em 2020

Joana Reichert

Por: Joana Reichert Iporã do Oeste - SC

Campanha contra o abuso e a exploração sexual de Crianças e Adolescentes chega à 20ª em 2020

Continua depois da publicidade

Conforme a assistente social de Tunápolis, Siliane Meier, a data foi instituída por lei federal, e é considerada uma conquista na luta pelos direitos de crianças e adolescentes. Ela explica que a data surgiu porque em 18 de maio de 1973, ocorreu um crime bárbaro em Vitória, no Espírito Santo, que chocou o país.

Uma menina de oito anos, chamada Araceli, foi raptada, estuprada e morta. A assistente social enfatiza que na 20ª edição da campanha, o objetivo é informar e sensibilizar toda sociedade a participar da luta na defesa pelos direitos de crianças e adolescentes.

Siliane lembra que quando se fala em violência sexual praticada contra menores, envolve vários fatores de risco e vulnerabilidade. As vítimas são usadas para satisfazer desejos ou fantasias sexuais, ou obter vantagens financeiras.

As campanhas anuais, segundo a assistência social de Tunápolis, objetivam orientar a população sobre a proteção às crianças e adolescentes, e orientar o público alvo a identificar quando o gesto é somente de carinho ou se tem outro objetivo de abuso.

Siliane Meier destaca que este ano, em função da pandemia, não será possível realizar palestras ou outros eventos de aglomeração de público. Todas as ações irão se concentrar na divulgação que será feita pelos meios de comunicação e redes sociais.

A assistente social enfatiza que a preocupação no momento é que com o isolamento devido à pandemia a criança pode estar convivendo mais diretamente com o abusador, na sua própria família, considerando que sem os laços de confiança mais comuns, que são os professores, colegas ou outras pessoas próximas, a denúncia pode ser dificultada. Sem as atividades rotineiras, as crianças também ficam mais expostas aos crimes praticados pela internet.

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.