17.05.2017 às 08:41h - atualizado em 17.05.2017 às 11:12h - Geral

Segundo pesquisa, haitianos são explorados em Santa Catarina

João Bresolin

Por: João Bresolin São Miguel do Oeste - SC

Segundo pesquisa, haitianos são explorados em Santa Catarina

Um estudo da Universidade Estadual de Campinas, em São Paulo, revelou que os imigrantes haitianos que vieram para Santa Catarina entre 2010 e 2016 sofrem uma constante exploração por continuar vivendo em solo catarinense.

Segundo o pesquisador Luís Felipe Magalhães, as violações mais comuns encontradas são de trabalhadores que têm em seus salários valores descontados referentes à moradia, sendo que na maioria das vezes o local é precário e discriminatório, sem contar o local de trabalho em que esses imigrantes atuam e os contratos trabalhistas que são obrigados a assinar e, dessa forma, abrir mão dos direitos trabalhistas básicos.

De acordo com o procurador do Ministério Público do Trabalho em Santa Catarina e coordenador nacional do Projeto de Adequação das Condições do Trabalho em Frigoríficos, Sandro Sardá, os haitianos estão atualmente nos piores postos e também nos piores setores da economia em termos de condições de trabalho.

Conforme Sardá, a estimativa é que entre 80 e 90 mil haitianos tenham vindo para o país nos últimos anos, sendo que, deste total, 10 mil tiveram como destino Santa Catarina, com maior concentração nas regiões Norte e Oeste do estado.

Fonte: DC.

Comentar pelo Facebook

Advocacia Fávero
AL Contabilidade
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.