Publicidade

16.12.2018 às 18:50h - atualizado em 17.12.2018 às 10:07h - Geral

João de Deus, acusado por mais de 300 abusos sexuais, se entrega à polícia

Bruna Hohensee

Por: Bruna Hohensee São Miguel do Oeste - SC

Continua depois da publicidade

João de Deus, acusado por mais de 300 abusos sexuais, se entrega à polícia
Divulgação/Internet

Continua depois da publicidade

O médium João de Deus se entregou à polícia neste domingo, em Goiás. João de Deus é suspeito de abusos sexuais durante tratamentos espirituais e sua prisão foi determinada pela Justiça na tarde de sexta,14, a pedido do Ministério Público (MP-GO) e da Polícia Civil de Goiás.

Mais de 300 mulheres afirmam terem sido vítimas do religioso. A defesa nega. A prisão é preventiva – ou seja, sem prazo para terminar.

A Polícia Civil disse que João de Deus se apresentou espontaneamente ao delegado-geral e ao delegado titular da Deic. Ele estava acompanhado de advogados e ainda não existe decisão sobre o local onde ele ficará detido. A polícia também informou que não foram usadas algemas na operação.

Segundo o jornal "O Globo", as investigações apontam que o líder religioso retirou R$ 35 milhões de contas e aplicações financeiras desde que as primeiras denúncias de abuso vieram à tona.

Fonte: G1

Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade

Advocacia Fávero
AL Contabilidade

Comentários depois da publicidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.