16.12.2018 às 18:50h - atualizado em 17.12.2018 às 10:07h - Geral

João de Deus, acusado por mais de 300 abusos sexuais, se entrega à polícia

Bruna Hohensee

Por: Bruna Hohensee São Miguel do Oeste - SC

Continua depois da publicidade

João de Deus, acusado por mais de 300 abusos sexuais, se entrega à polícia
Divulgação/Internet

Continua depois da publicidade

O médium João de Deus se entregou à polícia neste domingo, em Goiás. João de Deus é suspeito de abusos sexuais durante tratamentos espirituais e sua prisão foi determinada pela Justiça na tarde de sexta,14, a pedido do Ministério Público (MP-GO) e da Polícia Civil de Goiás.

Mais de 300 mulheres afirmam terem sido vítimas do religioso. A defesa nega. A prisão é preventiva – ou seja, sem prazo para terminar.

A Polícia Civil disse que João de Deus se apresentou espontaneamente ao delegado-geral e ao delegado titular da Deic. Ele estava acompanhado de advogados e ainda não existe decisão sobre o local onde ele ficará detido. A polícia também informou que não foram usadas algemas na operação.

Segundo o jornal "O Globo", as investigações apontam que o líder religioso retirou R$ 35 milhões de contas e aplicações financeiras desde que as primeiras denúncias de abuso vieram à tona.

Fonte: G1

Continua depois da publicidade

AL Contabilidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.