cresol mobile

16.06.2020 às 11:24h - atualizado em 16.06.2020 às 12:00h - Geral

Prazo para declaração do Imposto de Renda termina neste mês

João Bresolin

Por: João Bresolin São Miguel do Oeste - SC

Prazo para declaração do Imposto de Renda termina neste mês
Arq. Portal Peperi

Continua depois da publicidade

As pessoas que precisam declarar o Imposto de Renda devem ficar atentas ao prazo final para reunir a documentação. A afirmação é do conselheiro do Conselho Regional de Contabilidade e diretor do SESCON de Santa Catarina, Rudinei dos Santos.

Conforme ele, o prazo final era 30 de abril, porém, devido à pandemia causada pela Covid-19, o prazo foi prorrogado para o dia 30 deste mês. De acordo com ele, neste ano, a Receita Federal espera que 32 milhões de pessoas façam a declaração do Imposto de Renda. Até o final do mês passado, cerca de metade dessa estimativa já havia sido alcançada.

Ele comentou que ainda há bastante trabalho a ser feito nas próximas duas semanas que antecedem o término do prazo para a declaração do Imposto de Renda. Ele destacou que a primeira parcela do pagamento também será até o próximo dia 30. Rudinei alertou que é de extrema importância que os contribuintes fiquem atentos ao prazo e organizem os documentos necessários. Ele lembrou que tradicionalmente várias pessoas deixam para a última hora, porém, reforçou que a orientação é que esse levantamento de dados seja feito o quanto antes, evitando problemas futuros.

O conselheiro do Conselho Regional de Contabilidade e diretor do SESCON de Santa Catarina, Rudinei dos Santos informou ainda que para realizar a declaração do Imposto de Renda é necessário ter uma série de documentos em mãos. Ele disse que o contribuinte deve reunir todos os comprovantes de rendimentos e todas as fontes de rendas de 2019. Além disso, é necessário ter as informações de todas as aquisições de bens móveis, imóveis, veículos, extratos bancários de 31 de dezembro do ano passado e pagamentos de consórcios, dívidas e financiamentos, entre outros.

Rudinei Dos Santos alertou que aqueles que possuem mais de uma fonte de renda também devem declarar a mesma. Ele lembrou ainda que alugueis também não podem ficar de fora da declaração. Ele ressaltou que a Receita Federal possui um forte esquema de cruzamento de informações e por isso nenhum ponto deve ser omitido.

Rudinei disse ainda que aqueles que possuem dúvidas devem procurar um profissional responsável para auxiliar na declaração e evitar problemas com a malha fina.

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.