16.03.2020 às 08:50h - atualizado em 16.03.2020 às 12:50h - Coronavírus

Aduana argentina é fechada por conta do Coronavírus

Kelly Figueiró

Por: Kelly Figueiró São José do Cedro - SC

Aduana argentina é fechada por conta do Coronavírus

Continua depois da publicidade

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou na tarde deste domingo, 15, que o país está com as fronteiras fechadas. Segundo ele a medida foi decidida após uma reunião com o ministério de saúde.

As fronteiras do país ficarão fechadas por 15 dias e o transporte público será reduzido. Além dessas, outras medidas foram anunciadas pelo presidente durante uma coletiva de imprensa no final da tarde deste domingo.

Entre as medidas está a suspensão das aulas em todas as escolas do país, até o dia 31 de março.

Segundo o presidente, todo e qualquer evento também que tenha aglomeração de pessoas também serão cancelados, isso inclui, cinema, teatro, festas, espetáculos sociais e esportivos.

O presidente afirmou durante a coletiva que aqueles que não respeitarem as medidas, serão penalizados.

Durante a coletiva Alberto Fernandez, disse que as medidas foram tomadas como forma de prevenção e não porque tenham aumentado os casos como foi cogitado. O país, tem 56 casos confirmados.

270 estrangeiros que tentaram ingressar ou permanecer na Argentina, mas se recusaram a cumprir o período de quarentena obrigatória, foram expulsos do país.

Mercados grandes onde há grande aglomeração de pessoas também deverão fechar suas portas, segundo o presidente, mercadinhos de bairro poderão continuar suas atividades.

Outra das medidas adotadas é a suspensão do trabalho dos maiores de 60 anos, uma das faixas etárias com mais propensão de contrair o vírus.

ENTRADA E SAÍDA DO PAÍS

O presidente afirmou que a entrada ao país de estrangeiros está suspensa, sendo que só poderão entrar no país os argentinos em regresso e estrangeiros residentes na Argentina.

O presidente argumentou que o fechamento total é necessário, pois pelas fronteiras terrestres chegam muitos turistas que estão vindo das zonas de risco, send que o coronavírus não está vindo somente dos países da Europa, mas já começa entrar pelos países limítrofes da Argentina.

Fernández também destacou que até o momento só há casos importados e que as medidas buscam evitar o crescimento do problema.

Mais detalhes de como serão tomadas as medidas serão divulgada nesta segunda, logo após a reunião com o Gabinete Econômico Social.

Fonte: Jornal da Fronteira

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.