Polícia

Publicidade

15.01.2018 às 07:46h - Polícia

Polícia Civil investiga sequestro de empresário no Oeste catarinense

João Bresolin

Por: João Bresolin São Miguel do Oeste - SC

Continua depois da publicidade

Polícia Civil investiga sequestro de empresário no Oeste catarinense

Continua depois da publicidade

A Polícia Civil de Chapecó está investigando o sequestro de um empresário de 37 anos, o qual ficou amarrado numa árvore por cerca de 18 horas na zona rural de Concórdia.

A vítima foi abordada por criminosos na manhã da última sexta-feira, 12, na SC-283, entre Chapecó e Arvoredo, e levada para o interior da cidade de Concórdia. Na manhã de sábado, 13, o empresário conseguiu se soltar e pedir socorro para moradores da região.

O delegado Rodrigo Moura informa que o caso é tratado como extorsão mediante sequestro. Por enquanto, a polícia sabe que, pelo menos, três pessoas participaram do crime. Outras informações e detalhes não puderam ser divulgados para não atrapalhar as investigações.

O delegado explicou que irá ouvir a vítima novamente e que está no aguardo do resultado de diligências realizadas.

Segundo o delegado, os familiares informaram que o empresário saiu de casa para trabalhar por volta das 8h de sexta. Às 10h, eles não conseguiram mais contato com o homem e acionaram a polícia. Foi quando as investigações começaram.

A vítima foi resgatada pelo helicóptero de Serviço Aeropolicial de Fronteira da Polícia Civil (Saer/Fron) na manhã de sábado. Em depoimento, o empresário informou que foi abordado por dois homens armados em uma moto na SC-283. Um deles entrou no carro da vítima e fez ela dirigir até a região rural de Concórdia, próximo a uma casa abandonada.

O homem foi abandonado amarrado a uma árvore, onde ficou cerca de 18 horas. No sábado, no amanhecer do dia, ele conseguiu se soltar e andou até encontrar um morador. Ele foi resgatado e levado para Chapecó. A vítima apresentava ferimentos leves.

Os criminosos roubaram a carteira com cartão de crédito e dinheiro. Já o veículo, um Gol branco, foi incendiado, assim como a casa abandonada.

Fonte: NSC Total

Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade

AL Contabilidade
Advocacia Fávero

Comentários depois da publicidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.