Polícia

14.12.2018 às 08:24h - atualizado em 14.12.2018 às 11:27h - Polícia

Polícias de Chapecó prendem suspeitos de homicídio de motoqueiro

Diógenes Di Domenico

Por: Diógenes Di Domenico Itapiranga - SC

Polícias de Chapecó prendem suspeitos de homicídio de motoqueiro

Continua depois da publicidade

Nesta quinta-feira,13, em coletiva de imprensa realizada no auditório da Delegacia Regional de Polícia Civil de Chapecó, as polícias Civil e Militar apresentaram os principais suspeitos do homicídio de Marcelo Oliveira. Crime aconteceu na manhã desta quinta-feira, quando, além de Marcelo, outras duas pessoas foram alvejadas. Segundo o Delegado da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil e o Tenente Coronel Ricardo Alves Da Silva da Polícia Militar, a ação conjunta das polícias foi fundamental para a finalização do crime.

O homicídio ocorreu no Acesso Ernani Sander, no bairro Parque das Palmeiras, em Chapecó. Segundo Vagner Papini, seis disparos atingiram o condutor da motocicleta, que morreu no local, três disparos atingiram o caroneiro, inclusive um deles atingiu a coluna vertebral e ele corre risco de perder a mobilidade, e um disparo atingiu uma mulher de forma acidental.

Uma nova informação dava conta que os suspeitos estavam na cidade de Caxambu do Sul. Polícia Civil e Militar se deslocaram até a localidade onde os indivíduos se encontravam. Na frente de uma residência, os policiais avistaram uma motocicleta igual a que as câmeras de segurança flagraram no crime. Após abordagem policial, foram identificados um homem de 24 anos e um adolescente de 16 anos como os principais suspeitos do homicídio.

O menor contou sua versão e confirmou a autoria no crime. Segundo Papini, “ele foi convidado pelo seu irmão para se vingar de duas pessoas que estariam o ameaçando”. Ele usou um revólver calibre.38. Já o irmão mais velho utilizou uma pistola .380 alto. O Delegado Papini conta que “após os disparos, o menor teria dispensado o revólver tendo em vista que uma munição teria prejudicado o tambor do revólver, sendo assim ele dispensou essa arma em via pública”.

Vagner Papini fala que os dois indivíduos foram apresentados ao Delegado de Polícia plantonista na central Policial. O homem de 24 anos foi preso em flagrante e o adolescente de 16 anos foi apreendido. As três vítimas dos disparos são residentes do Bairro Santo Antônio, em Chapecó. Os dois homens possuem passagem de pequena relevância pela Polícia. A mulher alvejada de forma acidental não possui passagens.

Segundo o Delegado Papini, este homicídio foi o 31º no ano em Chapecó. Com a elucidação deste caso, o município tem 100% no índice de resolução de crimes.

Fonte: Redação Peperi com Clic RDC

Continua depois da publicidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.