cresol mobile

14.05.2020 às 14:09h - atualizado em 14.05.2020 às 15:25h - Infraestrutura

DNIT anuncia federalização da SC 163 de Itapiranga a SMO

Diógenes Di Domenico

Por: Diógenes Di Domenico Itapiranga - SC

DNIT anuncia federalização da SC 163 de Itapiranga a SMO

Continua depois da publicidade

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes já projeta melhorias na rodovia. O termo de transferência foi assinado nesta semana pelo Governo de Santa Catarina, concluindo a última etapa no longo processo de federalização. Conforme o superintendente do DNIT em Santa Catarina, Ronaldo Carioni Barbosa, o documento foi enviado ao diretor geral em Brasília para publicação no Diário Oficial da União.

Em entrevista à Rede Peperi ele destaca que já prepara o edital de licitação para manutenção da rodovia com investimento inicial apenas para medidas paliativas com operação tapa buracos. Barbosa chama atenção que foi preciso superar várias etapas burocráticas e com grande lentidão para o estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental, além do inventário sobre o patrimônio que envolve a rodovia.

Após resolvido todas as questões formais do governo estadual, resta apenas a publicação no Diário Oficial da União. O superintendente reconhece que o DNIT enfrenta dificuldades de recursos para grandes obras. Barbosa afirma que já ocorreu planejamento para investimento visando dar condições de trafegabilidade e segurança aos usuários da 163. Na sequência, será elaborado um projeto para ajustes em acostamentos e intervenções, para colocar este trecho de pouco mais de 60 quilômetros da 163 dentro do padrão de rodovia federal. Barbosa reconhece a importância da 163 que foi abandonada pelo governo estadual e está em situação crítica, principalmente nos 32 quilômetros entre Itapiranga e Iporã do Oeste.

A audiência pública para a federalização da SC 163 aconteceu em abril de 2018

Obras na BR 163 de São Miguel do Oeste a Dionísio Cerqueira devem iniciar em agosto

A projeção é do superintendente do DNIT em Santa Catarina, Ronaldo Barbosa. Ele salienta que está em vigor o contrato para pavimento com uso de concreto. O projeto aguarda aprovação em Brasília com previsão de ser liberado a partir de agosto. Segundo Barbosa, a obra inicial será no acesso a São José do Cedro e viaduto que ficou inacabado.

O superintendente do DNIT considera que o orçamento de 2020 é insuficiente com 17 milhões de reais da bancada federal de Santa Catarina. Barbosa, diz que a pandemia não afetou as verbas para pavimentação de asfalto e cita várias obras de infraestrutura com investimentos nas BRs 282 e 158. A conclusão das obras deve ocorrer em 2021 ou até 2022, com liberação de novos recursos da bancada catarinense.

Vídeo do trevo publicado em 2018


Foto(s): Diógenes Di Domenico/ Portal Peperi/Arquivo

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.