cresol mobile

13.10.2021 às 21:52h - atualizado em 14.10.2021 às 14:43h - Geral

Fronteira em Dionísio Cerqueira deve ser reaberta em 48 horas

Maruhan França

Por: Maruhan França São José do Cedro - SC

Fronteira em Dionísio Cerqueira deve ser reaberta em 48 horas
Misiones Online

Continua depois da publicidade

A abertura da fronteira terrestre entre Bernardo de Irigoyen e Dionísio Cerqueira deve acontecer nas próximas 48 horas. Mas para isso acontecer, o Chefe de Gabinete do país vizinho deve aprovar o protocolo de prevenção a Covid-19 feito pelo governo de Misiones e entregue ainda na quinta-feira (07).

Walter Villalba, coordenador Nacional de Saúde Fronteiriça, disse ao site El Territorio que a decisão seria informada nas próximas 24 a 48 horas, pois até esta terça-feira (12), o protocolo ainda estava sendo finalizado.

“Na semana passada, enviamos a documentação técnica e pedimos para considerar etapas de 24 horas em Posadas e Irigoyen. Os avanços foram feitos na análise e agora estão nas mãos da Saúde em termos de autorizações. Uma vez que, protocolado a autorização e a aprovação é dada, ele vai para o Gabinete de Ministros para que seja gerada a decisão administrativa para que a medida seja implementada.” destacou Oscar Herrera Ahuad, governador de Misiones.

A abertura fronteiriça também deve ocorrer entre Encarnación e Posadas, cidades na fronteira entre Paraguai e Argentina. Mas para possibilitar a entrada de turistas, o governo de Misiones deve preparar uma equipe de profissionais da Saúde próximo às fronteiras com objetivo de solicitar o teste negativo para Covid-19, como também um PCR negativo que deverá ser realizado em até três dias antes de atravessar as fronteiras. O governo de Misiones também deve disponibilizar o teste do antígeno gratuitamente para viajantes do Brasil.

“À medida que conquistarmos a imunidade, o Ministério da Saúde argentino vai flexibilizar algumas questões que incomodam no momento, o teste de PCR, que tem um custo alto no Brasil e que faz limitar a visita de turistas à província e à Argentina.’’ ainda afirmou o governador de Misiones.

Oscar Herrera destacou que na cidade de Puerto de Iguazú - fronteira com Foz do Iguaçu/PR - não houve aumento de casos ativos da Covid-19 com a abertura da fronteira.

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.