13.07.2018 às 08:48h - atualizado em 13.07.2018 às 09:42h - Economia

Pesquisa demonstra avanço no desenvolvimento nos últimos três anos em São José do Cedro

Kelly Figueiró

Por: Kelly Figueiró São José do Cedro - SC

Continua depois da publicidade

Pesquisa demonstra avanço no desenvolvimento nos últimos três anos em São José do Cedro
Foto: Urbane Arquitetura e Urbanismo

Continua depois da publicidade

Conforme o prefeito Plínio De Castro, o poder público teve nesta semana acesso a um estudo da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro. Ele explica que a FIRJAN fez o estudo com parâmetro em números de todos os municípios brasileiros, levando por base os quesitos de emprego e renda, saúde e educação.

O resultado divulgado nesta semana tem como embasamento de coleta o ano de 2016.

O prefeito descreve que entre os 5.500 municípios, na pesquisa anterior divulgada em 2015, São José do Cedro aparecia na posição 941. Na nova consulta divulgada pela FIRJAN, a cidade aparece no ranking na posição 450, tendo um salto de 491 posições em três anos. Em nível estadual, entre os 295 municípios, São José do Cedro ocupava a posição de número 118 e agora está na posição 47 do ranking, tendo subido 71 posições e se consolidando entre os 50 municípios mais desenvolvidos de Santa Catarina.

O maior crescimento de São José do Cedro foi em saúde. Segundo o prefeito, Plínio de Castro, em três anos o eixo com maior avanço e desenvolvimento, segundo a pesquisa, reconhecida nacionalmente, foi na saúde. Ele cita que em 2015, o município aparecia na posição 1.683, entre os 5.500 municípios brasileiros. Em 2018 já ocupa a posição 674 no ranking, tendo ultrapassado mais de mil municípios ao longo deste período.

O prefeito esclarece que este “salto” não é apenas devido ao trabalho da prefeitura e da câmara, mas uma soma de fatores, como o investimento de empresários, profissionais liberais e agricultores. Ele afirma que apesar da crise, a administração tem buscado planejar as ações e garantir investimentos nos setores primordiais, tais como saúde e educação.

Plínio atribui a parceria entre as entidades, associações, sindicatos e poder público, este sucesso. Ele revela que meta atual é geração de emprego, que deverá alavancar a partir da liberação do terceiro parque industrial, que acontece nos próximos dias.

Continua depois da publicidade

Advocacia Fávero
AL Contabilidade
Nedel Celulares.

Mais notícias

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.