12.06.2019 às 14:24h - atualizado em 13.06.2019 às 09:53h - Variedades

Mobilização em redes sociais resulta na implantação de abrigo para animais abandonados

Kelly Figueiró

Por: Kelly Figueiró São José do Cedro - SC

Mobilização em redes sociais resulta na implantação de abrigo para animais abandonados

Continua depois da publicidade

Nos últimos dias houve uma série de denúncias de maus-tratos a cachorros em municípios da tri fronteira. A partir da repercussão do caso nas redes sociais, a ajuda começou a chegar.

Conforme a idealizadora do projeto, Cristiane Muniz, o objetivo foi chamar atenção das autoridades sobre casos de maus-tratos. Ela conta ainda com a colaboração de um grupo de voluntárias que atuam em Dionísio Cerqueira, Barracão e região.

Cris explica que, apesar de não residir mais na região, recebe dezenas de denúncias sobre situações diversas de descaso do poder público, denúncias de crimes e também pedidos de ajuda. Por isso, a rede social tem sido um canal de ligação entre as pessoas que precisam daquelas que podem ajudar.

Ela revela que um dos casos mais graves foi registrado no Peperi-Guaçu onde os cães não tinham abrigo adequado e também havia pulgas e bicheiras. Um dos animais foi resgatado para tratamento e os demais ficaram sob a responsabilidade do proprietário, que, a partir da repercussão do caso, providenciou melhores conduções e casinhas.

Criz revela que houve ajuda também de empresários e moradores, que cederam um espaço. Na área pode ser construído um canil. Ela comenta que a intenção agora é conseguir os materiais para construção do espaço e também para manter os animais. Atualmente há mais de 30 animais que recebem ração e cuidados devido às doações que partem de toda região.

Outro caso recente foi ajuda a um jovem que trabalha na recolha de materiais recicláveis e precisava de auxílio. Com a mobilização, foi possível oferecer um tratamento odontológico ao rapaz, roupas, calçados e alimentos. Um empresário de São José do Cedro também aderiu a campanha e doou um celular para o adolescente, que dias atrás havia encontrado um aparelho e, mesmo sem ter telefone, devolveu ao proprietário.

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.