11.05.2018 às 08:00h - São Miguel do Oeste

Vereadores sugerem mudança do Museu Municipal para a Praça Walnir Bottaro Daniel

Marcos de Lima

Por: Marcos de Lima São Miguel do Oeste - SC

Vereadores sugerem mudança do Museu Municipal para a Praça Walnir Bottaro Daniel
Tiarajú Goldschmidt/Câmara de Vereadores

Os vereadores Everaldo Di Berti, Elias Araújo e Vagner Passos indicaram ao prefeito Wilson Trevisan e ao diretor de Cultura e Turismo Carlos Magno Ribeiro Chaves que estudem a possibilidade de instalar o Museu Municipal no Centro Integrado de Cultura e Turismo, que fica localizado na Praça Walnir Bottaro Daniel. Conforme os vereadores, o local está atualmente ocioso. A indicação foi aprovada nesta quinta-feira, 10, e será encaminhada aos destinatários para apreciação.

Os proponentes da indicação ressaltam que o endereço atual do museu "não tem colaborado para instigar os moradores e visitantes a resgatar o hábito de valorizar a conservação da cultura e da história dos povos, bem como de seus costumes". "Passando a funcionar em local estratégico, é uma oportunidade única que São Miguel do Oeste tem em reunir em uma mesma localidade lazer, turismo e cultura", explicam os autores da indicação.

HEMOCENTRO

Outra indicação aprovada é de Silvia Kuhn. Ela solicita ao secretário estadual de Saúde que estude a viabilidade de implantar um hemocentro regional ou um núcleo de coletas de sangue no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, a fim de facilitar as doações. Conforme Silvia, a indicação busca atender reivindicação das pessoas doadoras de sangue que precisam se deslocar a Chapecó para fazer a doação. "A instalação de um hemocentro ou um centro de coletas no Município facilitará a doação de sangue, aumentando assim os estoques", justifica Silvia.

TROFÉU O GUARANI

Carlos Grassi sugeriu à Administração Municipal que retome o evento "Troféu O Guarani", reconhecendo empresas e pessoas físicas que mais contribuem com o movimento econômico de São Miguel do Oeste. "Essa premiação é uma forma de agradecimento e reconhecimento às empresas, indústrias, produtores e agricultores", justifica Grassi. A sugestão será encaminhada ao prefeito e ao secretário de Desenvolvimento Sustentável.

TRÂNSITO E INFRAESTRUTURA

Vanirto Conrad indicou à Administração Municipal que estude a viabilidade de instalar bloqueadores para bocas-de-lobo nas ruas Almirante Tamandaré e Duque de Caxias. A intenção é sanar o problema do mau cheiro e da proliferação de insetos e roedores oriundos das bocas-de-lobo. O pedido será encaminhado ao prefeito e à secretária de Urbanismo.

Maria Tereza Capra solicitou à Administração Municipal e ao Cotrasmo que estudem a viabilidade e implantem um redutor de velocidade no cruzamento das ruas Dom Pedro II e Prudente de Moraes. A vereadora pede também o aumento da altura da lombada física existente na Rua Prudente de Moraes, entre as ruas Cristóvão Colombo e Dom Pedro II, no Bairro Estrela. O pedido será encaminhado ao prefeito, à secretária de Planejamento e Urbanismo, e ao presidente do Cotrasmo.

José Giovenardi pediu à secretária de Urbanismo que estude a viabilidade de implantar asfalto na Rua Renuncio Pelegrini, no Loteamento Colina I, no Bairro Estrela. Segundo o vereador, este é um pedido recorrente dos moradores daquela área da cidade.

Odemar Marques apresentou um requerimento ao prefeito e à secretária de Urbanismo. Odemar quer que as autoridades informem como está o andamento do estudo de viabilidade e negociações para abertura da Rua Itaberaba, no trecho entre a Rua Olívio Caponi, no Bairro Morada do Sol, e a Rua Geraldino de Mello, no Bairro Salete. Odemar lembra que em 20 de abril de 2017 foi aprovada indicação solicitando este estudo.

PROJETOS DE LEI

Os vereadores aprovaram também dois projetos de lei em primeiro turno. Um deles é o PL 42/2018, que revoga a Lei 6.829/2013, que autorizou o chefe do Executivo a receber por doação bem imóvel de propriedade do Grêmio Esportivo Guarani. O outro projeto é o PL 43/2018, que autoriza a alteração do Plano Plurianual (PPA), da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e da Lei Orçamentária (LOA), através da abertura de um crédito adicional especial na importância de R$ 38 mil. O objetivo é instituir dotação orçamentária para transferências de recursos ao Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional (Conder), para atendimento de serviços de interesse do Município. Os projetos passarão ainda por uma segunda votação.

Em segundo turno, foi aprovado o Projeto de Lei 34/2018, de autoria de Everaldo Di Berti. O texto institui o "Projeto de Prevenção da Violência Doméstica com a Estratégia de Saúde da Família", voltado à proteção da criança, adolescente, mulher e idoso em situação de violência, por meio da atuação preventiva dos agentes comunitários de saúde. Com a aprovação, o PL será enviado ao prefeito para sanção, tornando-se lei.

Fonte: Tiarajú Goldschmidt

Foto(s): Tiarajú Goldschmidt/Câmara de Vereadores

Comentar pelo Facebook

Advocacia Fávero
AL Contabilidade
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.