11.05.2017 às 09:11h - atualizado em 11.05.2017 às 11:20h - Meio Ambiente

APP do Rio Uruguai impede novas construções na cidade

Anderson Luís

Por: Anderson Luís Itapiranga - SC

APP do Rio Uruguai impede novas construções na cidade

O problema causado pela Área de Preservação Ambiental se arrasta há vários anos. Está prevista para este mês a entrega do Estudo de Regularização Fundiária. Conforme o diretor do Departamento de Engenharia da Prefeitura de Itapiranga, Carlinhos Mallmann, a empresa Alto Uruguai coordenou atividades que demonstram o real impacto ambiental para construções em limites de até 500 metros da margem do Rio Uruguai.

De acordo com Carlinhos Mallmann, é preciso seguir o Termo de Referência que diz o que o órgão ambiental exige no estudo. A principal falha estava no cadastro físico de todas as ocupações da área de APP já consolidada. A equipe de Engenharia também participou deste estudo detalhado com característica de cada lote. A análise criteriosa busca um conceito final baseado no termo de Referência da Fatma. Mallmann cita a questão legal no contrato com a empresa para execução do estudo e, neste quesito o trabalho não pode ser incompleto. Nos próximos dias, o estudo será enviado para análise da Fatma em Florianópolis.

Comentar pelo Facebook

Advocacia Fávero
AL Contabilidade
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.