Publicidade

11.01.2019 às 08:27h - atualizado em 11.01.2019 às 09:43h - Agricultura

Produtores iniciam classificação do fumo, última etapa antes da venda

Joana Reichert

Por: Joana Reichert Iporã do Oeste - SC

Continua depois da publicidade

Produtores iniciam classificação do fumo, última etapa antes da venda

Continua depois da publicidade

Jaimir Miqueloto é produtor de fumo de linha Iratim, comunidade de Iporã do Oeste, que se destaca na atividade e que possui grande número de famílias fumicultoras. A família cultivou aproximadamente 150 mil pés de fumo da variedade burley.

Conforme o produtor, o clima foi favorável no período da colheita, nos meses de novembro e dezembro, e agora a expectativa é pelo preço.

Miqueloto explica que optou pelo cultivo do fumo em função de a atividade ser lucrativa, pela pouca disponibilidade e pelas características da área de terra disponível na propriedade. Ele enfatiza que a principal vantagem é que o cultivo pode ocorrer mesmo em pouca área de terra, gerando lucro ao produtor.

Assim como na atividade leiteira, o fumicultor comenta que o pagamento pela arroba de fumo é feito também pela qualidade do produto.

No momento os produtores se dedicam à classificação do fumo, que varia entre três ou mais classes de folhas. O valor da arroba varia de R$ 80 a R$ 140, com pouca variação de preços entre uma empresa e outra.

O plantio, a colheita e a classificação final do fumo são manuais, mas o restante do trabalho, como o preparo da terra, é feito na propriedade com trator, o que o agricultor avalia que facilitou muito o trabalho em função da pouca mão de obra.

Continua depois da publicidade

Foto(s): Jornei de Souza

Continua depois da publicidade

AL Contabilidade
Advocacia Fávero

Comentários depois da publicidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.