10.09.2019 às 15:05h - atualizado em 10.09.2019 às 17:24h - Cultura

Vídeo: 31ª Cavalgada da Integração Sul Brasileira chega a Iporã do Oeste

Joana Reichert

Por: Joana Reichert Iporã do Oeste - SC

Vídeo: 31ª Cavalgada da Integração Sul Brasileira chega a Iporã do Oeste

Continua depois da publicidade

A cavalgada iniciou nesta segunda-feira e segue até dia 15 de setembro percorrendo toda a região, até Dionísio Cerqueira. Em média, 80 a 100 cavalarianos participam da cavalgada. Por dia, os cavalarianos percorrem cerca de 40 quilômetros. O trajeto mais longo é o desta terça-feira, de Mondaí a Iporã do Oeste.

Na tarde desta segunda-feira ocorreu o acendimento da chama crioula e abertura da cavalgada no Jazigo da família Rocha, em Vicente Dutra, RS.

Na manhã de hoje a cavalgada saiu de Mondaí em direção a Iporã do Oeste, onde foi realizado o almoço, no CTG Herança Pampeana.

A cavalgada segue em direção a Santa Helena, para janta e pouso. Na quarta-feira de manhã os cavalarianos seguem em direção a Belmonte e à tarde a cavalgada chega à Faismo em São Miguel do Oeste, local de janta e pouso.

No dia seguinte, dia 12, a passagem será pela escola de educação básica Guilherme José Missen de São Miguel do Oeste e CTG Porteira Aberta, seguindo à linha Gramadinho, com almoço na Campeira do CTG Porteira Aberta. À tarde a cavalgada segue em direção ao CTG Fronteira do Oeste de Guaraciaba, onde será feita a janta, com pouso.

No dia 13, a cavalgada sai de Guaraciaba pela manhã, em direção à linha Derrubadinha, em São José do Cedro, onde será o almoço. Em Guarujá do Sul, no CTG Aconchego Gaúcho, será realizada a janta, com pouso. No sábado de manhã a cavalgada passa no cemitério de linha Maria Preta, em direção a Dionísio Cerqueira, e na associação de motoristas. No domingo será o encerramento com almoço, no CTG Sinuelo da Fronteira de Dionísio Cerqueira.

A cavalgada objetiva promover a integração entre os três estados do sul. O evento também relembra a passagem da coluna prestes na região e valoriza a cultura gaúcha, presente principalmente na região sul do país.


Foto(s): Jornei de Souza

Continua depois da publicidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.