09.04.2018 às 18:08h - atualizado em 10.04.2018 às 08:34h - Geral

Setor de Água de Itapiranga realiza limpeza dos reservatórios

Diógenes Di Domenico

Por: Diógenes Di Domenico Itapiranga - SC

Continua depois da publicidade

Setor de Água de Itapiranga realiza limpeza dos reservatórios

Continua depois da publicidade

O Setor de Água e Esgoto do município de Itapiranga inicia nesta segunda-feira,09, a limpeza e desinfecção dos reservatórios de água, ao todo são mais de 200 reservatórios, devido ao sistema de abastecimento ser amplo, pois distribui água tratada em todo seu território. Segundo a Engenheira Fernanda Casagrande, responsável pelo tratamento de água de Itapiranga, o município dispõe de cinco Estações de Tratamento de Água, uma na cidade, e as demais estações no interior.

O sistema de abastecimento de água atente praticamente 100 % da população, rural e urbana. Nessa segunda-feira, a limpeza e desinfecção teve início na Estação de Tratamento localizada em Linha Glória, podendo haver falta de água nas localidades de Linha Glória, Aparecida e Linha Becker. Posteriormente serão higienizados os reservatórios que compõe as estações de tratamento de Linha Conceição, São Sebastião, Centro da Cidade e finalizando com a estação e reservatórios de Linha Sede Capela

Conforme a Engenheira, a água destinada ao consumo humano deve obedecer aos Padrões de Potabilidade da Água estabelecidos na Portaria n°2.914, do Ministério da Saúde, que determina as características de qualidade físicas, organoléticas, químicas e bacteriológicas para água potável através da fixação dos Valores Máximos Permissíveis. A água potável é a água que pode ser consumida por pessoas e animais a qual não possua substâncias toxicas e sem riscos de adquirir doenças veiculadas hidricamente. O tratamento de água visa reduzir a concentração de poluentes até o ponto em que não apresentem risco para a saúde pública, a limpeza precisa ser rotineira a cada seis meses ou em casos de contaminação no reservatório, uma vez que ocorre a falta de limpeza de reservatórios de água potável, podem desenvolver -se algumas bactérias que provocam doenças, tais como diarreia, hepatite, leptospirose, entre outras. É fundamental também nas residências estar atento à sua limpeza e conservação entre um período de seis meses, no mínimo.

Após o processo de tratamento, na Estação de Tratamento, a distribuição de água à população se dá totalmente livre de impurezas, mas ao chegar até o consumidor final, a água fica em outro local de armazenamento, nas caixas de água, que devem ser lavadas e desinfetadas a cada seis meses, segundo leis vigentes. Os reservatórios devem ser bem vedados impedindo a entrada de pequenos animais e sujeiras, bem como a formação de lodos nas paredes e consequentemente o desenvolvimento de bactérias.

A limpeza e desinfecção de reservatórios de água potável são desenvolvidas em etapas que devem ser respeitas estritamente. Primeiramente, o fluxo de água deve ser interrompido, sendo necessário o fechamento dos registros. Após isso, toda a água presente no reservatório deve ser consumida, de forma que não haja desperdício de recursos hídricos. O processo de limpeza consiste na retirada de qualquer sujidade que por ventura possa se encontrar nos interiores dos reservatórios e caixas de água. Para a limpeza, ocorre a escovação manual das paredes, tetos e piso dos reservatórios para remover toda crosta remanescente. Posterior a limpeza utiliza-se uma solução de desinfetante com ação de descontaminação bacteriológica e após o tempo de contato do agente desinfetante realize-se o reabastecimento dos reservatórios.

Caso sejam solicitados, os certificados de limpeza e desinfecção se encontram junto ao Setor de Água e Esgoto do município, bem como os laudos de exame bacteriológico e físico-químico da água, juntamente com os laudos que apontam o monitoramento de substâncias orgânicas e inorgânicas, monitoramento de agrotóxicos, monitoramento de radioatividade, do padrão organoléptico além dos laudos de produtos secundários da desinfecção e analises diárias da qualidade da água, sendo que a qualidade da água consumida nos lares influencia diretamente na saúde da população.

Fonte: Setor de Águas Itapiranga

Foto(s): Setor de Águas Itapiranga

Continua depois da publicidade

Advocacia Fávero
AL Contabilidade
Nedel Celulares.

Mais notícias

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.