Polícia

08.07.2018 às 07:55h - atualizado em 09.07.2018 às 07:55h - Polícia

Argentino é preso em Dionísio Cerqueira com Hilux roubada no Paraná

Kelly Figueiró

Por: Kelly Figueiró São José do Cedro - SC

Argentino é preso em Dionísio Cerqueira com Hilux roubada no Paraná
PM

Um argentino foi preso na madrugada deste sábado, 07, na avenida Sete de Setembro, no centro de Dionísio Cerqueira, com uma camionete roubada da cidade de Guarapuava, no Paraná. A Polícia Militar realizava a Operação PMSC 4000, no centro, no momento da abordagem da Hilux de Itajaí. O condutor foi identificado como sendo Elio Nicolas Dos Santos. Foi solicitada a documentação do veículo, sendo que o homem não achou e se demonstrava nervoso.

Ao ser questionado, sobre o proprietário da camionete, o suspeito não soube explicar quem seria, bem como passou a contar histórias desconexas, sendo constatado o registro de roubo do veículo.

De acordo com as informações levantadas pela PM, junto ao órgão de segurança paranaense, foi constatado que o roubo ocorreu em Guarapuava, por das 21h15, de sexta-feira, 06. Durante o crime houve sequestro dos proprietários e um cofre foi roubado. Além disso, durante a ocorrência, um telefone de DDD 77, ligou no celular do suspeito e ofereceu dinheiro para liberar o veículo e o autor. A família foi liberada cerca de 80km do local, durante a madrugada.

O argentino apresentou várias versões sobre o assalto, uma delas de que três homens em uma Mitsubishi preta teriam lhe oferecido certa quantia em dinheiro para atravessar o carro no país vizinho, no local determinado pelo GPS.

Logo após os procedimentos no local o veículo foi removido ao pátio credenciado, sendo o autor e os pertences que estavam no interior do veículo entregues na central de flagrantes em São José do Cedro, para as devidas providências.

Segundo o comandante da companhia de Dionísio Cerqueira, Deiber Haefliger, no histórico de ligações do celular do preso, foram encontrados vários contatos com o DDD da região (49), o que demonstra a importância das abordagens da Polícia Militar no trânsito, uma vez que criminosos circulam pela fronteira.

Conforme o capitão, é muito importante proteger as informações sobre os passos e movimentação financeiras, posse de joias, dentre outros dados para evitar fatos como esses.

Comentar pelo Facebook

AL Contabilidade
Advocacia Fávero
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.