cresol mobile

08.06.2020 às 11:23h - atualizado em 08.06.2020 às 11:54h - Coronavírus

Paraíso adota medidas mais rígidas após primeiro caso de Covid-19

João Bresolin

Por: João Bresolin São Miguel do Oeste - SC

Paraíso adota medidas mais rígidas após primeiro caso de Covid-19

Continua depois da publicidade

A Administração de Paraíso adotou medidas mais rígidas após a confirmação do primeiro caso de Covid-19 no município. A informação é do assessor de Planejamento da prefeitura, Gemerson Schanne.

Conforme ele, a decisão ocorreu durante reunião realizada na última semana com o comitê de crise municipal relativo ao novo coronavírus. Na oportunidade foram discutidas as ações a serem executadas após o primeiro caso da doença no município.

Gemerson lembrou que o prefeito Valdecir Casagrande já havia divulgado que a partir do primeiro caso de Covid-19, medidas mais rígidas seriam tomadas para evitar o aumento do contágio em Paraíso.

O assessor afirmou que o decreto de situação de emergência na Saúde pública em Paraíso está valendo desde esta segunda-feira, 08, no município. Gemerson destacou que conforme o documento, fica instituído pelo prazo de 30 dias ao menos cinco normas mais rígidas em relação ao Covid-19.

Entre elas, ele citou que desde hoje o horário de funcionamento de todos os estabelecimentos comerciais está sendo das 7h às 19h. Após esse horário, o atendimento só poderá ser realizado via delivery em todo o território de Paraíso.

Gemerson Schanne comentou que o decreto assinado pelo prefeito de Paraíso, Valdecir Casagrande sobre as medidas mais rígidas contra a Covid-19 prevê ainda mais quatro itens. Ele disse que também pelo período de 30 dias está proibida a circulação de crianças em estabelecimentos comerciais, além de limitar o acesso ao comércio de apenas uma pessoa por família.

O assessor ressaltou que o decreto estabelece ainda que bares e similares só poderão realizar a venda de balcão, ficando proibida a permanência nos estabelecimentos, bem como, o consumo no local. Ele declarou que a partir de hoje a população de Paraíso também é obrigada a usar máscaras em todo o município. O uso é obrigatório tanto em estabelecimentos como em vias públicas.

Ele salientou que festas, tanto particulares quanto públicas também estão suspensas até o dia oito de julho. Gemerson esclareceu que os casos omissos serão analisados pelo comitê de crises que é composto pelos secretários municipais, além da Polícia Militar e pelo presidente da Câmara de Vereadores.

O assessor finalizou dizendo que espera que a população seja solidária e entenda, além de respeitar esse momento vivido por todos diante da pandemia causada pela Covid-19.

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.