07.02.2018 às 08:22h - Justiça

Testemunha é dispensada de julgamento em SC por falar com pirulito na boca

João Bresolin

Por: João Bresolin São Miguel do Oeste - SC

Testemunha é dispensada de julgamento em SC por falar com pirulito na boca

Uma mulher, que não teve o nome e idade divulgados, teve o depoimento desconsiderado e foi dispensada de uma audiência na 3ª Vara do Trabalho de São José, na Grande Florianópolis.

Segundo o Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região, a mulher teria insistido em ficar com um pirulito na boca enquanto falava.

Conforme o Tribunal, a mulher chegou a ser advertida pela juíza Magda Eliete Fernandes sob a justificativa de que não havia entendimento sobre o que a testemunha falava, mas a mulher teria dito que, por estar grávida, seguiria com o doce.

Ela participava de um julgamento de uma ação contra um restaurante e era a única testemunha de defesa.

A trabalhadora chegou a recorrer para a 3ª Câmara do TRT-SC para considerar o depoimento da testemunha. Porém, o desembargador Roberto Guglielmetto teria dito que a juíza tinha respaldo legal para advertir a testemunha.

No fim, não foi considerado cerceamento de defesa, que é quando ocorre uma limitação na produção de provas de uma das partes do processo.

A mulher não teria apresentado mais nenhum recurso.

Fonte: DC

Comentar pelo Facebook

Advocacia Fávero
AL Contabilidade
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.