Polícia

Publicidade

06.09.2018 às 15:01h - atualizado em 06.09.2018 às 16:53h - Polícia

Pescadores de Itapiranga seguem desaparecidos após sete meses

Diógenes Di Domenico

Por: Diógenes Di Domenico Itapiranga - SC

Continua depois da publicidade

Pescadores de Itapiranga seguem desaparecidos após sete meses
Viviane guarda a caixa de isopor que foi encontrada e demais pertences do pescador desaparecido

Continua depois da publicidade

Evandro Gossler, de 24 anos, e Mauro Santana, de 33 anos, entraram nas águas no Rio Uruguai na comunidade de Laranjeira, na noite do dia 11 de fevereiro, e ficaram de retornar na noite seguinte. Até o momento não há qualquer informação dos dois. A esposa de Santana, Viviane Da Silva, relata que foram feitas buscas pelo Corpo de Bombeiros de Itapiranga e iniciada a investigação pela Polícia Civil.

Em seguida o processo foi encaminhado para a polícia do Rio Grande do Sul, pois o Salto do Yucumã pertence ao município de Derrubadas. O processo segue em andamento na Comarca de Tenente Portela e sem novidades sobre o possível destino dos dois pescadores. Uma caixa de isopor com comida e algumas redes foram encontradas em um acampamento após o desaparecimento. Outras objetos, como celulares, desapareceram.

A esposa tem pouca esperança de encontrar o marido vivo já que nenhuma autoridade possui qualquer informação oficial sobre o que pode ter acontecido. Viviane relata que no dia 09 de julho nasceu a terceira filha do casamento com Mauro Santana, em momento difícil pelo fato de o pai não estar junto. Ela tem três filhas pequenas: dois meses, um ano e oito meses e outra de seis anos.

Segundo Viviane, com o passar do tempo ela foi perdendo a esperança de encontrar o marido vivo. Ela se apega ao fato de não ter encontrado nada que indique a morte para ainda ter esperança de encontrar o pai das filhas. Viviane informa que como não foi comprovada a morte do esposo, ela não consegue receber recursos como viúva e como passou mais de seis meses está encaminhando para receber um auxilio temporário do INSS. Ela pede que qualquer informação seja repassada para que, pelo menos, possa acabar com a angústia sobre o que aconteceu.

Continua depois da publicidade

Foto(s): Diógenes Di Domenico/ Portal Peperi

Continua depois da publicidade

Nedel Celulares.
Advocacia Fávero
AL Contabilidade

Comentários depois da publicidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.