Publicidade

05.04.2018 às 09:43h - atualizado em 05.04.2018 às 19:05h - Saúde

Alto número de suicídios chama atenção na região

Diógenes Di Domenico

Por: Diógenes Di Domenico Itapiranga - SC

Continua depois da publicidade

Alto número de suicídios chama atenção na região

Continua depois da publicidade

A Rádio Itapiranga vendo os números dos últimos anos buscou com especialistas uma causa para isso. A pedido da Rádio, o técnico pericial do Instituto Médico Legal de São Miguel do Oeste, Abel Petter, realizou pesquisa que revela dados alarmantes em Itapiranga e São João do Oeste sobre o número de suicídios. Petter também é acadêmico de psicologia e palestrante e revela que os dois municípios tiveram 23 suicídios a partir de 2014. Ele considera que o índice deixa em alerta as equipes de saúde mental e população em geral.

Segundo Petter,o número de suicídio cresce a cada ano. Nos últimos dias, foram registrados mais três casos. Ele afirma que vários fatores influenciam as pessoas a chegarem ao extremo de acabar com a própria vida, incluindo a cultura germânica dos colonizadores e até o uso de agrotóxicos por ser uma região muito forte na produção agropecuária. Ele cita o uso dos venenos que possuem organofosforados, que com o uso contínuo, causam um déficit de vários hormônios e neuro transmissores que podem levar à depressão e, como consequência, o suicídio.

Para Petter, falar é a melhor solução, pois é um método de prevenção. Ele alerta as redes de saúde e familiares que procurem identificar as pessoas que estão doentes para que possam ser tratados antes de pôr fim à própria vida. Os maiores sintomas são o isolamento e a falta de ânimo.

O hipnoterapeuta e palestrante René Weigher, considerado uma das maiores expressões em excelência humana do Brasil, também aponta a descendência alemã como um dos fatores para o suicídio. No entanto, ele demonstra maior preocupação com a falta de diálogo e outros fatores que causam depressão, pânico e ansiedade, apontados como males do século. Weigher diz que é difícil evitar o suicídio quando a pessoa já está determinada a isso. Para o hipnoterapeuta, o suicídio não tem ligação direta com a cor, raça, idade, classe social ou religião, e sim a combinação de uma série de fatores.

Fonte: Diógenes Di Domenico e Delmar Cláudio/ Portal Peperi

Continua depois da publicidade

Continua depois da publicidade

AL Contabilidade
Advocacia Fávero

Comentários depois da publicidade

Comentários depois da publicidade

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.