05.04.2018 às 09:43h - atualizado em 05.04.2018 às 19:05h - Saúde

Alto número de suicídios chama atenção na região

Diógenes Di Domenico

Por: Diógenes Di Domenico Itapiranga - SC

Alto número de suicídios chama atenção na região

A Rádio Itapiranga vendo os números dos últimos anos buscou com especialistas uma causa para isso. A pedido da Rádio, o técnico pericial do Instituto Médico Legal de São Miguel do Oeste, Abel Petter, realizou pesquisa que revela dados alarmantes em Itapiranga e São João do Oeste sobre o número de suicídios. Petter também é acadêmico de psicologia e palestrante e revela que os dois municípios tiveram 23 suicídios a partir de 2014. Ele considera que o índice deixa em alerta as equipes de saúde mental e população em geral.

Segundo Petter,o número de suicídio cresce a cada ano. Nos últimos dias, foram registrados mais três casos. Ele afirma que vários fatores influenciam as pessoas a chegarem ao extremo de acabar com a própria vida, incluindo a cultura germânica dos colonizadores e até o uso de agrotóxicos por ser uma região muito forte na produção agropecuária. Ele cita o uso dos venenos que possuem organofosforados, que com o uso contínuo, causam um déficit de vários hormônios e neuro transmissores que podem levar à depressão e, como consequência, o suicídio.

Para Petter, falar é a melhor solução, pois é um método de prevenção. Ele alerta as redes de saúde e familiares que procurem identificar as pessoas que estão doentes para que possam ser tratados antes de pôr fim à própria vida. Os maiores sintomas são o isolamento e a falta de ânimo.

O hipnoterapeuta e palestrante René Weigher, considerado uma das maiores expressões em excelência humana do Brasil, também aponta a descendência alemã como um dos fatores para o suicídio. No entanto, ele demonstra maior preocupação com a falta de diálogo e outros fatores que causam depressão, pânico e ansiedade, apontados como males do século. Weigher diz que é difícil evitar o suicídio quando a pessoa já está determinada a isso. Para o hipnoterapeuta, o suicídio não tem ligação direta com a cor, raça, idade, classe social ou religião, e sim a combinação de uma série de fatores.

Fonte: Diógenes Di Domenico e Delmar Cláudio/ Portal Peperi

Comentar pelo Facebook

Advocacia Fávero
AL Contabilidade
Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.