cresol mobile

04.04.2020 às 15:58h - atualizado em 04.04.2020 às 18:08h - Coronavírus

Sebrae aponta demissões e dificuldades para micro e pequenas empresas

Marcos Meller

Por: Marcos Meller São Miguel do Oeste - SC

Sebrae aponta demissões e dificuldades para micro e pequenas empresas
Divulgação / Internet

Continua depois da publicidade

Cerca de 148 mil trabalhadores perderam o emprego desde o dia 18 de março nas micros e pequenas empresas de Santa Catarina. Esse é um dos impactos do coronavirus, segundo uma pesquisa feita pelo Sebrae. O levantamento ouviu 2.120 empresários de todas as regiões do Estado nos dias 30 e 31 de março. De acordo com a pesquisa, 19,5% das empresas entrevistadas afirmam ter feito, em média, duas demissões nesse período. O levantamento também apontou que os pequenos negócios tiveram queda de R$ 4,4 bilhões em razão do coronavírus. O Diretor Financeiro do Sebrae, Anacleto Ortigara, esteve no Peperi Entrevista e disse que todas as regiões foram fortemente impactadas.

Os números da pesquisa do Sebrae sobre as consequências da paralisação da economia diante da pandemia do coronavírus são impactantes e preocupantes. A afirmação foi feita pelo Diretor Financeiro do Sebrae, Anacleto Ortigara. De acordo com ele, o levantamento é um espelhamento da realidade catarinense no momento atual. Na visão de Ortigara, os reflexos da crise do coronavirus serão graves, inclusive com o possível fechamento de muitas empresas. Ele ressaltou, no entanto, que a consequência não será uniforme para o segmento dos micro e pequenos negócios. Alguns setores, como o agronegócio, devem sair mais rapidamente desse momento difícil. Outros terão mais problemas para superar a crise.

A primeira preocupação do Sebrae é com a saúde e com a superação do coronavirus, mas a manutenção das empresas e dos empregos também é uma questão importante. A observação foi feita pelo Diretor Financeiro do Sebrae, Anacleto Ortigara. Ele disse que os empreendedores catarinenses vão buscar alternativas, se reinventar e encontrar caminhos para superar as dificuldades, mas a intervenção do poder público é fundamental para manter os pequenos negócios de portas abertas.

- OUÇA A ENTREVISTA COMPLETA:

Comentar pelo Facebook

Fique por dentro das últimas novidades do Portal Peperi.